Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

TRÊS LAGOAS

Durante briga, marido tenta
atear fogo na esposa

Fato aconteceu em restaurante na BR-158

6 MAI 19 - 15h:37ALINE OLIVEIRA

Um homem foi flagrado em um restaurante, na madrugada de segunda-feira (6), localizado na BR-158, em Três Lagoas, enquanto jogava gasolina na esposa e tentava atear fogo. O motivo para a agressão foi que ela se recusou a embora, o que o deixou contrariado. 

A vítima de 29 anos, informou à Polícia Militar que o autor queria embora e ela negou, afirmando que queria ficar mais um pouco no local. O homem saiu e voltou depois de meia hora com um galão de 400 ml cheio de gasolina. 

Conforme apurado pelo JP News, o agressor disse: "Você está me tirando? Vou te ensinar", e jogou o combustível na mulher. Em seguida pegou um isqueiro e só não concluiu a tentativa de homicídio porque o dono do restaurante o segurou pelos braços. 

Enquanto o proprietário atendia a vítima, o autor fugiu e encontra-se foragido. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) como feminicídio, violência doméstica e familiar, na forma tentada.

Por isso, o caso será investigado pela Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM). 


*Com informações do JP News

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Médicos expõe livros na Academia de Medicina de MS
LITERATURA

Médicos expõe livros na Academia de Medicina de MS

Mutirão recolherá materiais inservíveis em bairro da Capital
AÇÃO CIDADE LIMPA

Mutirão recolherá materiais inservíveis em bairro da Capital

Após morte de peixes, MP abre inquérito para apurar regularidade de esgoto
RIO ANHANDUÍ

Após morte de peixes, MP abre inquérito para apurar regularidade de esgoto

UFMS abre inscrições em concurso com salários de até R$ 10 mil
30 VAGAS

UFMS abre inscrições em concurso com salários de até R$ 10 mil

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião