JUSTIÇA

Dupla é denunciada por vender simulacros de armas via Correios

Pacotes foram identificados em fiscalização da Receita Federal
13/08/2019 18:02 - DA REDAÇÃO


Um jovem de 24 anos e outra de 25 anos foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) em Campo Grande por vender simulacros de armas de fogo via encomenda. Conforme o órgão, a dupla foi autuada três vezes pela Receita Federal em 2018 por enviar pelos Correios dez armas de brinquedo.

Apenas o jovem de 24 anos apresentou defesa, enquanto a outra não foi encontrada. O advogado do rapaz pediu a aplicação do princípio da insignificância e absolvição sumária, por acreditar que não houve ofensa, perigo ou reprovação da conduta do réu, além de não configurar infração penal, pelo valor baixo a título de impostos, menos de R$ 10 mil.

Porém, o juiz Bruno Cezar da Cunha Teixeira negou o pedido, concordando com o MPF que houve crime. No caso da outra ré, o magistrado intimou que ela compareça na próxima audiência, que ouvirá as testemunhas de acusação, dois agentes da Receita Federal.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".