Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

bares e lanchonetes

Operação termina com seis presos e dois estabelecimentos irregulares autuados

Ação conjunta percorreu bares e lanchonetes em Dourados

29 AGO 15 - 09h:30Glaucea Vaccari

Uma operação de fiscalização em bares, lanchonetes e conveniências terminou com seis pessoas presas e dois estabelecimentos comerciais autuados entre a noite de sexta-feira (28) e a madrugada deste sábado (29) em Dourados, distante 225 quilômetros da Capital.

A operação foi realizada pela Polícia Militar (PM), Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros e Instituto de Meio Ambiente (Imam). As equipes percorreram diversos estabelecimentos com a finalidade de inspecionar alvarás de funcionamento e atender solicitações de perturbação da tranquilidade.

De acordo com o site Dourados Agora, quatro pessoas foram presas por terem mandado de prisão em aberto e duas foram detidas por fornecer bebidas alcoólicas a menores de idade.

Com relação aos estabelecimentos, um foi multado por permitir aglomeração de fumantes próximo a uma bomba de combustível e outro por falta de documentação de funcionamento e por conter extintores de incêndio com prazo de validade vencido.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Ruas do Centro serão interditadas para realização de obras
CAMPO GRANDE

Ruas do Centro serão interditadas para obras

Aeroporto de Campo Grande transmite mensagem sobre coronavírus a partir de hoje
ALERTA DA ANVISA

Aeroporto de Campo Grande transmite mensagem sobre coronavírus a partir de hoje

Emplacamento será suspenso para implantação de sistema da placa Mercosul no MS
PRÓXIMA SEMANA

Emplacamento será suspenso para implantação de sistema da placa Mercosul no MS

Estado registrou 6.328 demissões em dezembro, aponta Caged
PESQUISA

Estado registrou 6.328 demissões
em dezembro, aponta Caged

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião