Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ATO OBSCENO

Depois de mostrar órgão
genital para mulheres, homem
é perseguido e agredido

Amilton Batista, 41 anos, foi preso em flagrante e constava como desaparecido

23 AGO 15 - 08h:46LAURA HOLSBACK

Amilton Batista, 41 anos, foi agredido por populares e preso em flagrante após mostrar o órgão genital para duas mulheres, de 22 e 30 anos, em meio à via pública. O fato ocorreu por volta das 23h40min de ontem (22), no Jardim Canaã, em Dourados.

De acordo com Boletim de Ocorrência, populares viram o momento em que Amilton retirou o órgão genital da calça e mostrou para duas pedestres que seguiam pela via. Revoltados, tentaram conter o homem, que subiu no telhado de um casa onde permaneceu até a chegada de policiais militares. Ele desceu e se entregou sem apresentar reação.

Segundo a polícia, Amilton tinha lesões nas costas, lábios e pés, decorrentes de alguns golpes que levou de populares e sofreu durante a fuga.

Em consulta ao nome dele no sistema policial, verificou-se que estava como desaparecido.

O homem responderá criminalmente por ato obsceno.  

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Após motim, agentes apreendem armas artesanais em presídio
PENITENCIÁRIA DE DOURADOS

Após motim, agentes apreendem armas artesanais em presídio

Batalhão de Choque é enviado para controlar motim em presídio
DOURADOS

Choque é enviado para controlar motim em presídio

CIFRA NEGRA

Câmara arquiva denúncia que pedia a cassação de ex-presidente da Casa

Idenor Machado foi preso em operação que apura suposto esquema de corrupção
Dupla é presa por fornecer vodka com energético para quatro adolescentes
DOURADOS

Dupla é presa por fornecer vodka e energético a menores

Mais Lidas