Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

ATO OBSCENO

Depois de mostrar órgão
genital para mulheres, homem
é perseguido e agredido

Amilton Batista, 41 anos, foi preso em flagrante e constava como desaparecido

23 AGO 15 - 08h:46LAURA HOLSBACK

Amilton Batista, 41 anos, foi agredido por populares e preso em flagrante após mostrar o órgão genital para duas mulheres, de 22 e 30 anos, em meio à via pública. O fato ocorreu por volta das 23h40min de ontem (22), no Jardim Canaã, em Dourados.

De acordo com Boletim de Ocorrência, populares viram o momento em que Amilton retirou o órgão genital da calça e mostrou para duas pedestres que seguiam pela via. Revoltados, tentaram conter o homem, que subiu no telhado de um casa onde permaneceu até a chegada de policiais militares. Ele desceu e se entregou sem apresentar reação.

Segundo a polícia, Amilton tinha lesões nas costas, lábios e pés, decorrentes de alguns golpes que levou de populares e sofreu durante a fuga.

Em consulta ao nome dele no sistema policial, verificou-se que estava como desaparecido.

O homem responderá criminalmente por ato obsceno.  

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Após falhas no Enem, deputada pede explicações ao Ministério da Educação
EDUCAÇÃO

Após falhas no Enem, deputada pede explicações a ministério

Prefeito veta projeto que obrigava espaço para venda de cerveja artesanal em eventos públicos
CAMPO GRANDE

Prefeito veta projeto que obrigava espaço para venda de cerveja artesanal em eventos públicos

Decreto é publicado e tarifa de ônibus volta a R$ 4,10 amanhã
TRANSPORTE COLETIVO

Decreto é publicado e tarifa de ônibus volta a R$ 4,10 amanhã

Em depoimento, empresário garante que só a mulher se drogou e bebeu cerveja em motel
SURTO DO MOTEL

Empresário garante que só a mulher se drogou e bebeu cerveja em motel

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião