Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Fatalidade

Adolescentes acham arma e, brincando, menor mata irmã com tiro no rosto

Ela ficou 2 dias internada, mas não resistiu

9 JUN 17 - 08h:38VÂNYA SANTOS

Maricel Venialdo Carneiro, de 16 anos, morreu depois de ser baleada no rosto. Autor é apontado como o próprio irmão da vítima, um adolescente de 14 anos que brincava com arma de fogo na residência da família, que fica na cidade de Coronel Sapucaia. Fato ocorreu na última terça-feira (6), ela foi socorrida, internada, mas morreu por volta das 17h de ontem.

De acordo com informações do Dourados News, o garoto encontrou uma arma de fogo e passou a brincar com ela em companhia da irmã, momento em que efetuou disparo e atingiu Maricel no rosto.

No momento do disparo, os pais dos adolescentes estavam do lado de fora do imóvel e, segundo os responsáveis pelos menores, a arma de fogo teria sido encontrada pelos irmãos em um terreno baldio localizado ao lado da residência da família. Eles disseram que não sabiam da arma.

Quando ouviram o disparo, os pais correram para verificar o que tinha acontecido, momento em que se depararam com Maricel ferida. A garota foi socorrida e encaminhada para para o Hospital da Vida, em Dourados, mas não resistiu ao ferimento e morreu ontem, no final da tarde.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Governo lança em dezembro edital de parceria público-privada com valor de R$ 3,8 bilhões
PRIVATIZAÇÃO

Edital de parceria público-privada será lançado em dezembro com valor de R$ 3,8 bilhões

Saúde alerta para baixa vacinação contra sarampo
ATENÇÃO!

Saúde alerta para baixa vacinação contra sarampo

Inscrições para mestrado e doutorado da UFGD terminam em novembro
ENSINO SUPERIOR

Inscrições para mestrado e doutorado vão até novembro

Plano de fuga pode ter motivado pente-fino em penitenciária de Dourados
TENSÃO NO PRESÍDIO

Plano de fuga pode ter motivado pente-fino em penitenciária de Dourados

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião