Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ninguém escapa

Dono de fazenda reclama que
marreco de R$ 1 mil foi furtado

Crime ocorreu em fazenda que fica em Rio Brilhante

23 AGO 17 - 18h:49RODOLFO CÉSAR

Um marreco fêmea foi furtado de uma fazenda que fica às margens da BR-267, em Rio Brilhante. O proprietário decidiu registrar boletim de ocorrência na Polícia Civil e informou que o animal tem valor previsto de R$ 1 mil.

O sumiço da ave aconteceu na tarde de segunda-feira (21). O site Rio Brilhante em Tempo Real divulgou que a ave estava em uma gaiola trancada e não teria como escapar. Durante uma vistoria, o dono da fazenda constatou que o marreco tinha desaparecido.

O homem deu detalhes sobre como é a ave e solicitou que a Polícia Civil investigue o furto. Até a publicação desta matéria não havia informações sobre a possível localização do animal.

Os marrecos são "irmãos gêmeos" dos patos e tem tamanho menor. Atingem entre 35 e 50 centímetros. No Brasil, as espécies mais comuns são o paturi e o irerê. A polícia não informou qual era a espécie da ave que fora furtada.

No sul do País, esses animais são muito consumidos em Santa Catarina e Rio Grande do Sul. As fêmeas reprodutoras têm valor maior de mercado. Contudo, o casal chega a ser vendido por R$ 3 mil.

A criação de marreco é considera uma das mais simples, comparada a de outras aves. Além da carne e ovos, do animal ainda pode ser aproveitado as penas e plumas para edredons e travesseiros. A criação de marreco também está ligada à produção de adubo para hortas.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Domingo amanhece quente <br> com possibilidade de chuva
35º

Domingo amanhece quente
com possibilidade de chuva

Médicos expõe livros na Academia de Medicina de MS
LITERATURA

Médicos expõe livros na Academia de Medicina de MS

Mutirão recolherá materiais inservíveis em bairro da Capital
AÇÃO CIDADE LIMPA

Mutirão recolherá materiais inservíveis em bairro da Capital

Após morte de peixes, MP abre inquérito para apurar regularidade de esgoto
RIO ANHANDUÍ

Após morte de peixes, MP abre inquérito para apurar regularidade de esgoto

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião