Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

INJÚRIA E DIFAMAÇÃO

Empresária será indenizada em R$ 5 mil por boatos espalhados por rival

Condenada queria pegar o ponto do estabelecimento para si

29 JUL 19 - 17h:32FÁBIO ORUÊ

Administradora de uma academia será indenizada em R$ 5 mil de danos morais por injúrias e difamações, que foram espalhadas em Fátima do Sul, por uma outra mulher que tinha o intuito de obter a academia da vítima. A sessão aconteceu na 4ª Câmara Cível, em Campo Grande.

De acordo com informações do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, a empresária aluga um imóvel há cinco anos onde funciona sua academia. Contudo,a rival queria locar a academia administrada pela autora e, assim, passou a difamá-la e injuriá-la, espalhando na cidade que ela não paga os aluguéis e atrasava os pagamentos, motivo pela qual seria despejada do local, o que acabou sujando a imagem da proprietária perante seus clientes, fornecedores e moradores da cidade.

Diante dos boatos espalhados, muitos clientes optaram por não continuar suas atividades na academia com receio de o estabelecimento fechar.

Além disso, a ré também abordou a vítima e seus funcionários, fez ligações na academia dizendo que administrará o comércio, perguntando aos colaboradores se teriam interesse em permanecer no emprego após sua posse da academia.

Para o relator do processo, Des. Júlio Roberto Siqueira Cardoso, os depoimentos e as informações prestadas perante o juízo comprovam os transtornos sofridos pela empresária, caracterizando o dever de indenizar.

“Nos depoimentos, testemunhas e informantes confirmaram que a existência dos boatos espalhados por P.S.M. causaram a redução do movimento da academia e o enfraquecimento do negócio da autora/apelante. Portanto, a requerida/apelada deve ser condenada a indenizar a autora/apelante pelos danos morais causados, atendendo-se a finalidade punitiva da condenação, de forma que a requerida/apelada não venha a praticar o mesmo ato ilícito novamente”, frisou.

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Prefeitura não comparece, mas Consório e sindicato fecham propostas
REAJUSTE DOS MOTORISTAS

Prefeitura não comparece, mas Consório e sindicato fecham propostas

Viajantes podem enviar cartão de Natal grátis para qualquer lugar do Brasil
CAMPO GRANDE

Viajantes podem enviar cartão de Natal grátis para qualquer lugar do Brasil

Em fazendas, trabalhadores são resgatados em condições de escravidão
INTERIOR

Em fazendas, trabalhadores são resgatados em condições de escravidão

Alimentação na Cidade do Natal custará de R$ 3 a R$ 30
CONFIRA O CARDÁPIO

Alimentação na Cidade do Natal custará de R$ 3 a R$ 30

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião