CONFUSÃO

Jovem é esfaqueada durante briga generalizada em festa Junina

Vítima ficou ferimento no ombro e foi socorrida pelos Bombeiros
23/06/2019 15:20 - BRUNA AQUINO


 

Uma jovem de 18 anos foi esfaqueada durante uma briga generalizada no Arraial do Banho de São João, festa tradicional na cidade de Corumbá. O crime aconteceu na madrugada deste domingo (23) no Porto Geral. A agressora conseguiu fugir e não foi localizada pela polícia. 

A jovem foi atingida no ombro esquerdo e teve uma perfuração de 7 centímetros. Ela foi socorrida pela equipe do Corpo de Bombeiros e levada até o Pronto-Socorro Municipal de Corumbá ainda consciente.

Durante o atendimento, ela contou aos militares que uma mulher desconhecida desferiu o golpe e depois se aglomerou no meio das pessoas e fugiu.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Corumbá e será investigado. 

POLICIAL FERIDO
Policial Militar de Jardim, que estava no reforço da segurança acabou ferido meia hora depois que a primeira briga generalizada foi controlada. Dois jovens de 18 anos acabaram presos por terem quebrado o dedo do policial.

Segundo informações do boletim de ocorrência, os policiais tentaram controlar uma nova briga quando a situação saiu fora do controle. Eles dispararam balas de borracha e no momento da imobilização dos detidos, um deles quebrou o dedo da mão direita do Policial.

Os jovens foram levados até a Delegacia de Polícia Civil e vão responder por lesão corporal dolosa, desacato a autoridade e vias de fato.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".