Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPO GRANDE

Detran amplia até sexta visitação de veículos a serem leiloados

Prazo de encerramento do leilão é até o dia 19
13/08/2019 11:23 - RAFAEL RIBEIRO (com assessoria)


O Detran-MS (Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul) prorrogou até esta sexta-feira (16), o prazo de visitação aos veículos que serão leiloados.  O prazo de encerramento do leilão é até o dia 19 de agosto.

De acordo com o responsável do setor de leilões do Departamento, Diego Fernando de Arruda Soares, o prazo foi prorrogado devida à grande movimentação das visitas. “ Estão previstos no total 20 certames até o fim do ano, mas ainda não há uma estimativa de quantos veículos estarão disponíveis”, concluiu.

Os veículos podem ser vistos entre as 8h30 e às 11h30 e das 13h30 às 16h30 no pátio da Autotran, localizado na Avenida Guri Marques, 7155, bairro Cidade Morena.  No total, o Departamento irá disponibilizar 134 veículos para circulação. Destes, 121 motocicletas e 13 automóveis.

O edital de sucatas traz 13 toneladas de material ferroso. Os lotes poderão ser arrematados de acordo com as normas do edital, por empresas que atestem as exigências de comprovação do ramo de atividade reciclagem siderúrgica.

Os leilões estão na responsabilidade do leiloeiro oficialmente credenciado pelo Departamento, Pierre Adri e os produtos estão à disposição pelo site www.canaldeleiloes.com.br.

A previsão é de que até o fim do mês de agosto, quatro leilões sejam executados. Dois para veículos de circulação e outros dois para sucatas. Os certames fazem parte da Operação Limpa Pátio, elaborada com o objetivo de desafogar os pátios no Estado onde cerca de 50 mil veículos apreendidos se encontram atualmente.

Felpuda


Apesar de ainda fazer certo charme no estilo “se chamar, vou pensar” é praticamente certo que ex-candidato ao governo do Estado nas eleições passadas não participará da disputa pela Prefeitura de Campo Grande. Nos meios políticos é falado que não se trata de “novidade” e que não haverá mais cavalo encilhado passando na sua frente. Ele ainda insinua que poderá voltar em 2022, mas há quem diga que não precisará pensar, pois faltará a tal da “chamada”.