Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

FUGA

Detento é morto em tentativa de fuga de presídio em Três Lagoas

Ele foi baleado nas costas e na perna e não resistiu aos ferimentos

31 AGO 2017Por Bárbara Cavalcanti10h:25

O detento Leonardo Ponciano de Melo, de 40 anos, foi morto durante tentativa de fuga da Penitenciária de Segurança Média (PSM), no município de Três Lagoas.

Conforme informações policiais fornecidas ao site local JP News, a ação policial frustrou a tentativa de fuga de dois detentos na madrugada desta quinta-feira (31), um destes Leonardo, foi baleado nas pernas e na região das costas. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu na unidade de saúde.  

De acordo com o site, a polícia explicou que o caso aconteceu por volta das 02h30min. Policiais militares que realizaram a segurança do perímetro nos muro do presídio perceberam que dois detentos estavam tentando escalar um alambrado que cerca os pavilhões das celas do estabelecimento penal. Os presos receberam ordem de parada, mas desobedeceram.  

Um policial militar acabou atirando para conter os criminosos. Os disparos atingiram a região das costas de Leonardo que, caiu ao solo enquanto seu comparsa voltou correndo ao pavilhão e para a cela. O outro detento ainda não foi identificado.  

Os militares acionaram o Centro de Operações da PM(Copom) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Leonardo foi levado sob escolta policial, feita pelas Rondas Ostensivas e Táticas do Interior (Rotai) para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.  

O subcomandante do 2º Batalhão de Polícia Militar de Três Lagoas, major Ênio de Souza, definiu a operação como "eficiente" e também expressou que foi graças à essa eficiência que a fuga foi frustrada.  
 
PRISÃO E PENA

Leonardo Ponciano cumpria pena por latrocínio, configurado por roubo seguido de morte, ocorrido no dia 31 de dezembro de 2016. A vítima era Rosalvo de Oliveira Nogueira, de 56 anos, que foi morto a facadas e próximo a um motel, no Bairro Vila Haro, em Três Lagoas. Leonardo foi preso com mais três comparsas. 

Leia Também