Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

Prédio definitivo

Depois de sete anos em obras, campus do IFMS abre para aulas em Campo Grande

IFMS começou a funcionar em 2010 na Capital, em prédios alugados

31 JUL 2017Por LUCIA MOREL13h:01

Depois de sete anos em obras, o prédio definitivo do campus do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) em Campo Grande foi finalmente aberto para aulas hoje. 

Desde 2010 espera-se a inauguração, que sofreu inúmeros atrasos decorrentes de desligamento de empresa contratada para a obra, que descumpriu etapas e prazos.

No ano passado, três blocos foram concluídos (A, C e E) e tiveram ajustes (adequação do cobogó e instalação de esquadrias). O valor desses serviços foi de aproximadamente R$ 160 mil. 

Por conta do descumprimento de obrigações contratuais e a não execução de etapas previstas no cronograma da obra, o IFMS não prorrogou o contrato com a empresa anteriormente responsável pela construção - Nova Era Engenharia.

A empresa deveria ter finalizado a obra até o dia 26 de dezembro de 2015, depois de prorrogação de contrato, conforme cronograma previsto e assinado em 2009, que determinava a conclusão em cinco anos, ou seja, até 2014. 

Como isso não ocorreu, o IFMS a desligou das obras e contratou a Poligonal Engenharia e Construções, em janeiro de 2016 para a retomada das obras e conclusão dos blocos B e D, além da área externa e da rede elétrica. 

O contrato é de R$ 2,4 milhões. Com isso, dos R$ 14,9 milhões que deveriam ser investidos inicialmente, o valor da construção saltou para R$ 17,6 milhões.

Para a estudante Giovanna Breta, 16 anos, a expectativa é grande com o novo prédio e acredita que com melhor infraestrutura, o ensino, que já é bom, pode melhorar. 

“Espero que melhore, porque demorou demais para entregar e agora vamos ter salas e laboratórios próprios”, disse.

Para o reitor do instituto em Mato Grosso do Sul, Luiz Simão Staszczak, a inauguração do campus representa um momento histórico para o órgão, já que a espera foi longa. 

“É a superação de um objetivo. Para 2017 queremos ainda terminar a área de convívio e fazer a cobertura da quadra poliesportiva”, afirmou. 

O IFMS em Campo Grande começou a funcionar em 2010, primeiro em prédio na avenida Julio  de Castilhos e depois em outro, na rua 13 de Maio. Ambos alugados.

No Estado, há 10 campi, sendo um deles na Capital e os demais nas cidades de Aquidauana, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas. 

São 17 cursos no campi de Campo Grande e total de 2,2 mil estudantes atendidos nas modalidades presencial e à distância. Em todo MS, são 9,5 mil alunos.

Leia Também