RISCO DE INUNDAÇÃO

Rio Aquidauana chega a 6 metros <br>e Defesa Civil decreta alerta

Chuvas incessantes contribuem para o aumento do nível
28/02/2019 17:16 - FÁBIO ORUÊ


 

Devido às chuvas que têm atingido o Estado nos últimos dias, a Defesa Civil decretou situação alarmante, nesta quinta-feira (28), em Aquidauana depois do rio que dá nome a cidade chegar a 6 metros de altura, cerca de 3 metros acima do nível normal.

De acordo com o tenente-coronel da Defesa Civil, Fábio Santos Coelho Catarineli, o nível do rio subiu 117% de terça-feira (26) para hoje, saltando de 2,76 para 6 metros, conforme dados integrados da Sala de Situação do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) e da Defesa Civil Municipal de Aquidauana. A partir de 7 metros, o nível do rio entra em estado de emergência.

Em fevereiro de 2018, quando a região foi atingida por uma das maiores inundações da década, o nível do rio chegou 7,42 metros. “O rio Aquidauana é afetado pelas chuvas localizadas. Como são esperadas chuvas acima da média para esse período estamos monitorando de forma constante”, afirma.

Três réguas medem o nível do rio nas estações de Palmeiras, Aquidauana e Estrada MT-738. No Estado, outro rio com nível de alerta é o Coxim. Nesta quinta-feira, as águas atingiram 4,21 metros de altura. A partir de 5 m, o rio entra em estado de emergência, podendo afetar a cidade.

ESTRADA INTERDITADA

Segundo o site o Pantaneiro, a chuva, que durou a noite toda e ainda cai na região pantaneira, interrompeu o acesso à Piraputanga pelo distrito de Palmeiras. A única forma de seguir para a região é passando por Aquidauana.

Ainda conforme o site, moradores de Piraputanga informaram que por volta de 12h, a chuva se intensificou e causou alerta nos moradores do distrito.

AVISOS

Pessoas que moram em áreas de risco, como encostas de rios, devem ficar em estado de alerta e acompanhar diariamente a previsão do tempo. “Além disso é extremamente importante se cadastrar no serviço de SMS da Defesa Civil para receber avisos”, explica Catarinelli.

Para aderir ao sistema gratuito, o cidadão deve enviar mensagem de texto para o número 40199 com o CEP da residência. A partir do cadastramento, o telefone e o respectivo endereço são automaticamente incluídos na lista de envio dos alertas sempre que houver risco de desastres naturais na região indicada.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".