NAVIRAÍ

Família fica refém durante duas <br>horas e criminosos roubam trailer

Além do trailer, bandidos levaram dinheiro, bicicletas e celulares
19/06/2017 11:42 - Izabela Jornada


Família foi rendida por três bandidos e ficou presa em quarto por mais de duas horas. Criminosos levaram trailer que comerciante utilizava para vender lanches, além de celulares, dinheiro e bicicletas das vítimas.

Homem de 52 anos e sua esposa voltavam para casa em camionete S10, ontem às 23h45, após finalizar vendas de lanche em trailer na cidade de Naviraí-MS. Ao entrarem na garagem da residência, ambos foram abordados pelos bandidos que os conduziram, apontando pistola na cabeça das vítimas. 

Dentro do imóvel, as duas filhas do casal estavam com criança de colo e também foram ameaçadas pelos criminosos.    

Um dos bandidos obrigou o comerciante a desengatar o trailer e roubou junto com todo o dinheiro que estava com a vítima. Aparelhos celulares das vítimas também foram levados pelos ladrões.

Enquanto um dos criminosos subtraía pertences na casa do empresário, outros dois bandidos mantinham vítimas reféns. Ação terminou às 2h de hoje (19). 

Um dos bandidos fugiu primeiro com pertences da família e, depois, outros dois trancaram as vítimas em um dos quartos da residência antes de fugirem.

Meia hora depois, vítimas perceberam que bandidos não estavam mais na residência e então saíram do quarto e chamaram a Polícia Militar. 

A família não conseguiu descrever as características dos ladrões, pois os três usavam toucas, luvas e blusas de mangas compridas. 

O empresário também não soube dizer à polícia se criminosos saíram da residência utilizando carro ou se foram em duas bicicletas da família que também foram levadas pelos bandidos. 

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Polícia Civil. 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".