Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sábado, 17 de novembro de 2018

PMA

Criador de galos de briga é multado em R$ 26 mil por maltratar animais

Galos estavam com diversas lesões; suspeito disse que não promove mais rinhas

6 AGO 2015Por Glaucea Vaccari16h:15

Um homem, de 54 anos, criador de galos de briga, foi multado em R$ 26,5 mil por maus-tratos ao animais nessa quarta-feira (25) em Juti, município distante 311 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com a Polícia Militar Ambiental (PMA), o flagrante ocorreu depois de denúncia anônima de crime relativo a maus-tratos a animais. No local, os policiais localizaram 53 aves, sendo 40 galinhas e 13 galos de brigas da raça Índio, que normalmente são usados em rinhas.

Os animais apresentavam lesões na cabeça, característica de que eram utilizados em brigas, além de esporas arrancadas, com mutilação e lesões no local. As aves e 22 gaiolas de ferro e madeira foram apreendidas.

O criador dos animais disse à polícia que já teve um local de rinhas de galo em Dourados. Além da multa, ele foi autuado administrativamente e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.

O suspeito deve responder por crime ambiental de maus-tratos a animais. A pena para o crime varia de três meses a um ano de detenção

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também