Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CORUMBÁ

Soldado de 19 anos morre eletrocutado ao instalar equipamento em torre

Rapaz levou descarga elétrica durante o trabalho

24 NOV 18 - 08h:40LUANA RODRIGUES

O soldado do Exército, Peterson Gonçalves Medina da Silveira, 19 anos, da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira Ricardo Franco, morreu eletrocutado numa torre de transmissão na região de Porto Morrinho, em Corumbá.

De acordo com o site Capital do Pantanal, o acidente aconteceu por volta das 13h30 de ontem, quando o rapaz tentava instalar um equipamento na ponte.

Peterson era lotado na Companhia de Comunicações do Exército. A Brigada emitiu uma nota lamentando o ocorrido e informou que o comando está tomando todas as providências para investigar o ocorrido.

"Foram realizados os primeiros socorros de imediato e acionado o Corpo de Bombeiros para o resgate do militar. Neste momento de luto, o Exército Brasileiro se solidariza com os pais, familiares, companheiros e amigos do Soldado Medina, que morreu no cumprimento do dever", informa nota.

O Comando da Brigada determinou a instauração de um Inquérito Policial Militar para apurar os fatos e as responsabilidades pelo referido acidente e explicou que o jovem estava a serviço de uma operação militar na faixa de fronteira, quando foi eletrocutado. O corpo do militar está no Instituto Médico Legal (IML) de Corumbá. 

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Confira gabarito Enem aqui
CONFIRA

Confira gabarito Enem aqui

Mega-Sena sorteia hoje prêmio acumulado de R$ 6,5 milhões
LOTERIA

Mega-Sena sorteia hoje prêmio acumulado de R$ 6,5 milhões

Em MS, fronteira do Brasil com Bolívia é reaberta após 21 dias
CORUMBÁ

Fronteira do Brasil com Bolívia é reaberta após 21 dias

Eduardo Bolsonaro apoia tomada de embaixada por aliados de Guaidó
VENEZUELA

Eduardo Bolsonaro apoia tomada de embaixada por aliados de Guaidó

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião