Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

CORUMBÁ

Polícia Civil investiga morte de jovem em oficina de tornearia

Corpo foi encontrado pela irmã na manhã desta terça-feira

2 ABR 19 - 10h:47RENAN NUCCI

A Polícia Civil investiga a morte de Wellington Gregório de Almeida, de 26 anos, que teve o corpo encontrado pela irmã na manhã desta terça-feira, na oficina de tornearia da família na Rua Cáceres, no centro de Corumbá. Ele estava de bruços e morreu em razão de um tiro na cabeça, ao lado da orelha direita, motivo pelo qual não é descartada suspeita de suicídio.

De acordo com o site Diário Corumbaense, a arma estava próxima ao corpo. “O corpo estava em posição de bruços e com uma perfuração causada por disparo de arma de fogo acima da orelha direita. Munições e uma arma calibre 38 foram encontradas junto ao corpo. Tudo leva a crer que ele tenha tirado a própria vida”, disse o delegado Sam Suzumura em entrevista ao jornal local.

Familiares disseram que o rapaz não apresentava desvio de conduta ou comportamento estranho. Ontem, ele estava de folga do trabalho. Colegas de profissão disseram ainda o rapaz trabalhava de forma exemplar e levava com dedicação os estudos da faculdade. O corpo foi encaminhado para perícia e o caso é investigado.

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Diretores e técnicos de MS participam de capacitação para escolas cívico-militares
EDUCAÇÃO

Profissionais de MS participam de capacitação para escolas cívico-militares

Saque imediato: Nova lei do FGTS com limite do saque sobe para R$ 998
FGTS

Saque imediato: Nova lei do FGTS com limite do saque sobe para R$ 998

Inscrições do Sisu serão de 21 a 24 de janeiro
SISU

Inscrições do Sisu serão
de 21 a 24 de janeiro

Polícia estima que até 20 bolivianos eram traficados  através de Corumbá
POR SEMANA

Polícia estima que até 20 vítimas
de tráfico entravam por Corumbá

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião