Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

ORIENTAÇÃO

Condutores devem ficar atentos a regras de carro movido a gás natural para evitar explosões

Carro explodiu no domingo (10) depois de condutor fazer ligação com gás de cozinha

12 MAI 15 - 18h:24Glaucea Vaccari

Depois de uma carro movido a gás natural ter explodido no domingo (10), em um posto de gasolina de Campo Grande, veio a tona o questionamento sobre a segurança do equipamento. O incidente ocorreu devido a uma ligação com um botijão de gás de cozinha.

Segundo a Companhia de Gás de Mato Grosso do Sul, MSGÁS, o Gás Natural Veicular (GNV) é um combustível alternativo para veículos e os motoristas devem respeitar as regras antes de trafegar com o veículo.

O técnico de segurança do trabalho da companhia, engenheiro Eron Lral Marques, afirma que os riscos de ocorrer explosão são praticamente nulos quando observadas as regras de instalação de manutenção do kit GNV, que deve ser feita apenas em empresas credenciadas pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia ​do Estado (Inmetro-MS).

Após a instalação, os condutores não devem fazer nenhuma alteração por conta própria e devem fazer revisão periódica do kit e cilindro em empresas homologadas pelo Inmetro.

CUIDADOS

Para fazer a conversão do veículo para gás natural, o proprietário deve procurar uma oficina homologada pelo Inmetro, exigir a nota fiscal e certificado de homologação para fazer o registro da conversão no Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS), não aceitar peças usadas ou de procedência desconhecida e exigir tubos de aço na instalação.

Ao abastecer, o condutor deve desligar o motor, rádio e celular, apagar os faróis, sair de dentro do carro junto com os passageiros, exigir que o veículo seja sempre aterrado, certificar-se que mangueira de abastecimento de GNV foi desconectada antes de ligar o carro e deixar o frentista conferir o cilindro abrindo o porta-malas. 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Empresas não terão de pagar multa de 10% do FGTS a partir de 2020
FGTS

Empresas não terão de pagar multa de 10% do FGTS a partir de 2020

Governo torna sem efeito promulgação da Reforma da Previdência Estadual
ERRO

Governo torna sem efeito promulgação da Reforma da Previdência Estadual

"Profundo desrespeito às religiões cristãs", diz OAB sobre especial de Natal da Netflix
PORTA DOS FUNDOS

"Desrespeito às religiões cristãs", diz OAB sobre especial de Natal da Netflix

Suspensão de operação da Viação São Luiz é prorrogada em quatro rotas
TRANSPORTE INTERMUNICIPAL

Suspensão de operação da Viação São Luiz é prorrogada em quatro rotas

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião