Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPO GRANDE

Condutor é preso após invadir pista contrária e matar motociclista

Segundo a polícia, autor estava embriagado
16/07/2017 09:07 - RENAN NUCCI


O motociclista Leandro Pinheiro, de 28 anos, morreu após ser atingido por uma camionete no final da tarde de ontem. O acidente aconteceu na BR-262, na zona rural de Campo Grande. O condutor da camionete, de 55 anos, foi autuado em flagrante pela Pela Polícia Civil e vai responder por homicídio. Ele estava sob efeito de álcool e, aparentemente, teria invadido a pista contrária provocando a colisão.


Segundo boletim de ocorrência assinado pelo delegado Hoffman D'Ávila Cândido e Souza, plantonista da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da Vila Piratininga, o autor foi submetido ao teste do bafômetro que atestou para 0,05 miligramas por litro de sangue. 


Conforme registrado, quando a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Corpo de Bombeiros chegaram ao local após acionamento, se depararam com os veículos, uma moto Honda Twister e uma L-200 Triton fora da pista, e com a vítima morta, parcialmente carbonizada. Os ocupantes da camionete nada sofreram. 


Com base nas informações colhidas pela perícia no local, a hipótese é de que a camionete tenha invadido a pista contrária, atingido a moto em alta velocidade. Por este motivo, o motorista do veículo recebeu voz de prisão e, depois de ser submetido ao bafômetro, foi levado para a delegacia, onde está recolhido enquanto aguarda audiência de custódia. O caso foi relatado como "homicídio simples" e "homicídio na direção de veículo automotor".

 

Felpuda


Malfeitos que teriam sido praticados em tempos não tão remotos podem ser a pedra no caminho de pré-candidatura que está sendo costurada. As conversas ainda estão nas “ondas da rádio-peão”, mas, com a proximidade da campanha eleitoral, há quem diga que isso se tornará uma tremenda dor de cabeça para quem vai enfrentar as urnas. Pior:  o dito não seria culpado direto, mas sim a sua...  Bem, deixa rolar para ver onde vai parar.