Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

VACINAÇÃO

Campanha contra a gripe <br>tem meta de imunizar 715 mil em MS

Inicilamente, serão vacinadas crianças, grávidas e puérperas
09/04/2019 17:02 - GLAUCEA VACCARI


 

Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza começa amanhã, com meta imunizar 715,5 mil pessoas em Mato Grosso do Sul, o que corresponde a 90% do público alvo, que é de 795 mil pessoas. Imunização segue do dia 10 de abril até 31 de maio. 

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), na primeira fase, desta quarta-feira até o dia 22 de abril, serão priorizadas crianças de 1 a 6 anos, gestantes e puérperas (mulheres até 45 dias depois do parto), que foram classificadas pelo Ministério da Saúde como grupo de maior vulnerabilidade. 

A partir do dia 22, passam a também receber as doses os demais grupos que fazem parte do público-alvo, que incluem trabalhadores da saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

Em 2018, Mato Grosso do Sul atingiu 92,68% de cobertura vacinal, com 573.562 pessoas vacinadas. No Brasil foram vacinados 90,87% do público alvo.

INFLUENZA

A influenza, popularmente conhecida como gripe, é uma doença respiratória infecciosa, de origem viral, que pode levar ao agravamento e até ao óbito, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção.

Entre as possíveis condições de risco para a ocorrência de complicações por influenza, a presença de pelo menos uma comorbidade é a mais frequente entre os acometidos.

Felpuda


As definições no que se relaciona aos nomes para a disputa eleitoral vêm ocorrendo aqui e acolá. Pré-candidato que sonha comandar cidade o interior poderá deixar de ver o seu sonho realizado. É que o dito-cujo terá de enfrentar as lembranças de rumoroso caso que se tornou escândalo depois da denúncia de uma servidora. Há quem garanta que é só a campanha começar para a história ser contada capítulo por capítulo. Afe!