Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

COMEÇA AMANHÃ

Com 175 mil doses em MS, campanha de vacinação contra o sarampo começa amanhã

No ano, Estado tem dois casos confirmados, mas não há circulação do vírus

6 OUT 19 - 14h:21GLAUCEA VACCARI

Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo começa nesta segunda-feira (7) e Mato Grosso do Sul terá 175 mil doses para imunização do público-alvo, conforme informou a Secretaria Estadual de Saúde (SES). Lançamento oficial da campanha será às 7h30, na Escola de Saúde Pública (ESP), com a presença do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Doses serão disponibilizadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e de Saúde da Família (UBSF), com foco em dois grupos. O primeiro vai de 7 a 25 de outubro e irá imunizar crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade, com o dia D de vacinação no dia 19 de outubro.

Já o segundo grupo, previsto para iniciar a imunização no dia 18 e novembro, será direcionado para adultos na faixa-etária de 20 a 29 anos que não estão com a caderneta de vacinação em dia.

Além da vacinação contra o sarampo, as crianças que estiverem com doses pendentes e que os pais levaram o catão de vacinação, terão a vacinação regularizada.

Para incentivar a vacinação de crianças, o Ministério da Saúde irá disponibilizar R$2.682.386,00 ao Estado, para os municípios que cumprirem duas metas estabelecidas pela pasta.

Para receber esse recurso adicional, os gestores terão que informar mensalmente o estoque das vacinas poliomielite, tríplice viral e pentavalente e atingir 95% de cobertura vacinal contra o sarampo em crianças de 1 a 5 anos de idade com a primeira dose da vacina tríplice viral. A SES não informou qual a meta de vacinação no Estado.

BOLETIM

De janeiro até esta sexta-feira (4), Mato Grosso do Sul tem dois casos confirmados de sarampo, sendo um homem 52 anos, morador de Três Lagoas, que viajou para Jundiaí, onde apresentou os primeiros sintomas, e um bebê de 10 meses, que foi diagnosticada após testes realizados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Ela viajou para o estado de São Paulo, em agosto, e quando na volta para Campo Grande começou a apresentar os sintomas. 

No ano, foram notificados 68 casos suspeitos da doença no Estado, sendo dois confirmados, 31 descartados e 35 que continuam em investigação. Conforme a SES, não há circulação do vírus em Mato Grosso do Sul.

Nos últimos 90 dias, o Brasil registrou 5.404 casos confirmados de sarampo. Dos casos confirmados nesse período, 97% (5.228) estão concentrados em 173 municípios do estado de São Paulo, principalmente na região metropolitana. Os outros 176 casos foram registrados em 18 estados (RJ, MG, MA, PR, PI, SC, RS, CE, MS, PB, PE, PA, DF, RN, ES, GO, BA E SE). Os dados estão no novo boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, divulgado nesta sexta-feira (4).

Foram confirmados seis óbitos por sarampo no Brasil, sendo cinco em São Paulo e um em Pernambuco. Quatro óbitos ocorreram em menores de 1 ano de idade e dois em adultos com 31 e 42 anos.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Envolvimento de agentes de saúde pode acelerar diagnóstico de câncer

BRASIL

Tratamento para doenças raras precisa de investimentos em pesquisa

BRASIL

Motorista embriagado invade lanchonete, atropela 4 e mata jovem

Gaeco pede que juiz mantenha  prisão de policiais ligados a Name
MILÍCIA NA CADEIA

Gaeco pede que juiz mantenha prisão de policiais ligados a Name

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião