Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

PROGNÓSTICO

Cidades do Estado podem marcar temperaturas negativas neste inverno

Época é marcada por baixa umidade por conta de longas estiagens

14 JUN 19 - 16h:06FÁBIO ORUÊ

O inverno só começa às 11h54 da próxima sexta-feira (21), mas a previsão é que neste ano algumas cidades de Mato Grosso do Sul cheguem a marcar temperaturas negativas, por conta de massas de ar polar, que podem vir a atingir o Estado.

Conforme prognóstico divulgado pelo Instituto de Meteorologia (Inmet) cidades como Ponta Porã, Amambaí, Dourados, Paranhos, Eldorado, Mundo Novo, Maracaju, Rio Brilhante e Sete Quedas, além das cidades situadas no centro-sul, podem registrar temperaturas abaixo dos 5ºC e até negativos.

A estação é marcada por variações na temperatura consideradas amenas, com o primeiro dia mais curto e a noite mais longa. As chuvas da época são irregulares, mal distribuídas e têm pouco volume.

Os eventos meteorológicos significativos são as estiagens que podem ser intensas com graves consequências além das raras frentes frias, ainda segundo o documento. Essas frentes, em geral, avançam com fraca intensidade, umidade relativa do ar baixa, nebulosidade, nevoeiros e chuvas fracas.

Mas o que pode causar as temperaturas abaixo de zero são as massas de ar polares, que, se os valores ficarem abaixo dos 5º com umidade alta, o orvalho se congela formando geadas em locais mais baixos ou serranos. 

Foto: Bruno Henrique / Arquivo / Correio do Estado

Outro aspecto durante o inverno são as constantes inversões térmicas causando nevoeiros, névoas e neblinas, e, com umidade baixa, as névoas-secas e as fumaças. Quando há inversão térmica os dias sem chuva se intensificam e formam-se ventos.

Nos caso dos índices de umidade, é esperado que fiquem abaixo de 30% entre junho e setembro, bem como temperaturas máximas acima dos 30 graus, até o fim da estação.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

De janeiro a maio, Santa Casa <br>registrou 17 doações de órgãos
NESTE ANO

De janeiro a maio, Santa Casa registrou 17 doações de órgãos

Carros colidem, capotam e cinco pessoas ficam feridas em rodovia
MS-134

Carros colidem, capotam e cinco pessoas ficam feridas

Estudante de medicina abandona amigo ferido após carro capotar
PONTA PORÃ

Estudante abandona amigo ferido após carro capotar

Após cinco assassinatos em 7 dias, indígenas querem PM em Reserva
VIOLÊNCIA

Com 5 assassinatos em 7 dias, índios querem PM em Reserva

Mais Lidas