Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESTRAGOS

Chuva com vento derruba árvores sobre carros e fiação na Capital

Há previsão de mais chuva de hoje até sexta-feira
19/11/2019 15:45 - GLAUCEA VACCARI


 

Chuva que caiu em Campo Grande na tarde desta terça-feira (19) foi rápida, mas foi suficiente para causar queda de árvores em vários bairros de Campo Grande. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), rajadas de vento não passaram de 30 km/h.

Árvore de grande porte caiu na Avenida Marechal Rondon e atingiu um veículo que passava pela via. Com o impacto, vidros traseiro e dianteiro do carro quebraram, mas motorista não sofreu ferimentos.

A planta ficou atravessada na via e o sentido bairro-centro ficou totalmente interditado, enquanto no sentido contrário apenas uma pista ficou liberada para o tráfego. Fiação também foi atingida.

Na Rua Rui Barbosa, outra árvore, também de grande porte, caiu e destruiu muro da Seleta Sociedade Caritativa e Humanitária. Na Rua Antônio Maria Coelho, planta caiu sobre a via e sobre a fiação, deixando parte da região sem energia. Equipe da concessionária de energia elétrica, a Energisa, está no local para fazer os reparos.

Corpo de Bombeiros também foi acionado para corte de árvores que caíram na Avenida Júlio de Castilhos e na Rua Guarujá, na Vila Sobrinho. Árvore também é de grande porte, mas caiu parcialmente. 

Na Rachid Neder, o vendaval derrubou placas metálicas que cobriam um terreno em obras.

Conforme previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), calor, alta umidade e a circulação de ventos em vários níveis da atmosfera são os responsáveis pelas áreas de instabilidade no Estado. Pancadas de chuva que ocorreram hoje na Capital estão previstas para todas as regiões de Mato Grosso do Sul.

De quarta-feira à sexta-feira, o tempo permanece quente e seco, com índices de umidade relativa do ar em torno de 30%. Chuvas isoladas devem ocorrer especialmente no fim da tarde, entre o centro-norte e nordeste do Estado.

Forte calor persista, com aumento gradual da umidade e nebulosidade ao longo da semana. Temperaturas devem ficar acima dos 38°C, com sensação térmica de mais calor.

* Colaboraram Valdenir Rezende e Denis Felipe

Felpuda


Certa pré-candidatura à Prefeitura de Campo Grande nasceu com grandes brechas que certamente serão usadas pelos adversários no período da campanha eleitoral, segundo voz corrente nos bastidores políticos. Uma delas: como o postulante vai dizer que fará boa administração se no período em que administrou conhecida instituição passou boa parte do tempo reclamando de crise financeira e ameaçando fechar as portas?