Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

PRAÇA ARY COELHO

Profissionais da Capital se unem em manifestação contra as reformas

Professores participam de assembleia hoje para deliberar sobre greve

30 JUN 17 - 10h:28MARESSA MENDONÇA E BÁRBARA CAVALCANTI

Professores, policiais civis e bancários aderiram à manifestação contra as reformas da Previdência e Trabalhista propostas pelo governo de Michel Temer e fizeram ato na Praça Ary Coelho na manhã de hoje. Os docentes reclamam também de não terem recebido reajuste salarial referente ao piso nacional.

A manifestação foi liderada pelos professores que, se reúnem na tarde de hoje para decidir se entram ou não em greve a partir do segundo semestre.

O professor Lucílio Souza Nobre, presidente da Sindicato Campograndense dos Profissionais da Educação (ACP) informou que 50% das escolas municipais e estaduais paralisaram as atividades nesta sexta-feira. O restante, segundo ele, funcionou parcialmente.

Ele disse ainda que a ACP já decidiu pela greve a partir do segundo semestre, mas eles precisam se reunir também com professores estaduais para que o protesto ganhe força. “Não podemos ir sozinhos. Vai depender da reunião de hoje”, completou.

Durante a tarde, os professores saem em passeata pelas Ruas 14 de Julho, Antônio Maria Coelho, 13 de Maio até a Praça do Rádio.

“A educação parou hoje de novo porque é um novo processo de pressão contra os senadores por causa das reformas da Previdência e Trabalhistas”, declarou o presidente da Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), Jaime Teixeira.

A assembleia com professores da rede estadual e municipal será realizada às 15h de hoje na sede da Fetems.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Em audiência sobre tragédia da Chape, Nelson Trad cobra ajuda à familiares
ACIDENTE AÉREO

Em audiência sobre tragédia da Chape, Nelson Trad cobra ajuda à familiares

Nove são presos por suspeita de envolvimento com furto de cocaína em delegacia
INVESTIGAÇÃO EM SIGILO

Nove são presos por envolvimento com furto de cocaína em delegacia

Acusada de negligência, prefeitura renova licença do Alphaville 3
DEZ ANOS

Acusada de omissão, prefeitura renova licença do Alphaville

BRASIL

MP que facilita leilões de bens apreendidos de traficantes é publicada

Mais Lidas