Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

POLÍCIA

Casal vive momentos de terror durante roubo e sequestro

Bandidos levaram até os filhos das vítimas como reféns
15/08/2019 10:35 - RAFAEL RIBEIRO


 

Bandidos armados invadiram uma casa em Dourados na noite desta quarta-feira (14) e fizeram um casal refém para levar dois veículos que estavam na residência. Os criminosos chegaram a sequestrar as vítimas. Elas foram libertadas e estão bem.

Segundo o portal 'Dourados News', a polícia recuperou a VW Amarok e a Tucson. Um bandido, identificado como Gabriel Costa dos Santos, 18, o ‘perna’, morador na Vila Toscana, preso. 

Outros comparsas permanecem foragidos e um grande aparato policial é mobilizado nas buscas.

O roubo ocorreu por volta das 19h, quando os suspeitos invadiram a casa onde estava o casal exigindo os veículos.

Durante a ação, o alarme do imóvel disparou e a equipe de monitoramento telefonou para o local. Desconfiando da maneira em que a vítima respondeu, um vigia passou a monitorar a residência e percebeu o momento em que os dois automóveis deixaram a garagem. Um Fiat Uno dava a cobertura ao grupo.

A família foi colocada dentro da Tucson. Ao flagrar a ação, o vigilante acionou a Polícia Militar e os outros órgãos de segurança receberam o comunicado.

Na BR-463, no Posto Capey, já em Ponta Porã, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) conseguiu prender o suspeito e recuperar a caminhonete. Ele é trazido a Dourados.

Já o casal foi deixado junto com a Tucson próximo a uma distribuidora de bebidas na Perimetral Norte da cidade.

 

Felpuda


O desgaste de antigas lideranças nacionais, com reflexo em nível local, é a maior preocupação dos dirigentes de partidos para as eleições deste ano, que terá reflexo em 2022. Em épocas passadas, essas figurinhas cruzavam os céus do País para visitarem os municípios e pedirem que a população votasse em seus ungidos. Agora, com pendências judiciais e poder enfraquecido, dificilmente seriam convidadas. A pandemia, que resultou no isolamento social, foi a pá de cal.