Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

DOURADOS

Casal do "chiclete" é preso suspeito de realizar 14 furtos

Eles sempre levavam muitas caixas do doce

13 FEV 19 - 11h:35TERO QUEIROZ

Magno Hugo Sordi, de 39 anos, e Vanessa Aparecida da Silva, de 34 anos, foram presos nesta terça-feira (12), em Dourados.

O casal foi preso em casa após as investigações do Setor de Investigações Gerais (SIG), concluirem que eles seriam responsáveis por cerca de 14 furtos a estabelecimentos na região central do município.  

Conforme a polícia, na casa dos suspeitos foram aprendidos objetos furtados e uma marreta que era usada durante as ações criminosas. 

Câmeras de segurança dos locais atacados pela dupla demostravam sempre o mesmo modo de agir: O homem fazia gestos de desafio a polícia quando notava a existência de câmeras e sempre levavam caixas de chicletes do local. Para os investigadores, o produto era uma predileção do casal.

Dentre os locais que foram alvos da dupla estão: pizzarias, lanchonetes, farmácias, pets shop e outros. Ambos os suspeitos tinham passagens por furto. 

Segundo o delegado Rodolfo Daltro, o casal foi autuado em flagrante pela prática de furto qualificado pelo rompimento de obstáculo e concurso de pessoas. 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Mega-Sena pode pagar hoje R$ 31 milhões
LOTERIA

Mega-Sena pode pagar hoje R$ 31 milhões

Mãe morre e filhas ficam feridas após acidente em rodovia de MS
BR-158

Mãe morre e filhas ficam feridas após acidente em rodovia de MS

Chuva derruba árvore e alaga ruas em Campo Grande
VEJA VÍDEO

Chuva derruba árvore e alaga ruas em Campo Grande

Em casamento coletivo, casal que se conheceu pela internet finalmente troca alianças
MATRIMÔNIO

Em casamento coletivo, casal que se conheceu pela internet finalmente troca alianças

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião