APROPRIAÇÃO INDÉBITA

Carro locado e vendido a terceiro é recuperado pela PRF

Homem alugou veículo em locadora e vendeu por R$ 60 mil
12/06/2019 17:33 - GLAUCEA VACCARI


 

Veículo Jeep Renegade, que foi alugado em uma locadora de veículos e vendido a outra pessoa, foi recuperado nessa terça-feira (11), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-060, em Nioaque.

Policiais faziam rondas e abordaram o veículo, que tinha placas de Valparaíso (GO). O motorista, de 34 anos, se identificou como proprietário do veículo, que tinha como passageiro um homem de 30.

Ao consultar os sistemas, policiais descobriram que o automóvel tinha sido alugado e tinha um registro por apropriação indébita.

PRF entrou em contato com a empresa locadora de veículos e um funcionário informou que o Jeep foi locado e não foi devolvido no fim do contrato. Além disso, a documentação do automóvel foi repassada para o nome de um terceiro.

Diante da situação, o motorista afirmou que comprou o carro pelo valor de R$ 60 mil de um amigo, em Bela Vista. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Bela Vista para prestar esclarecimentos.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".