DIVISA DE ESTADO

Carreta bate na traseira de carro e <BR>mulher, moradora de Campo Grande, morre

Quatro pessoas residentes na Capital estavam no veículo
04/07/2017 17:01 - MARIANE CHIANEZI


 

Família que vive em Campo Grande sofreu acidente hoje, em frente ao posto fiscal Itiquira, na BR-163, na cidade mato-grossense de mesmo nome. Carreta colidiu na traseira do carro de passeio, onde três pessoas foram socorridas e uma mulher, identificada como Sara Maria, veio a óbito. 

Local do acidente fica localizado a 12 km de Sonora (MS) e a 120 km de Rondonópolis (MT). Ainda não há informações se a família retornava para Mato Grosso do Sul ou seguia viagem para o estado vizinho. Os três têm familiares em Cuiabá (MT).

Conforme informações apuradas pelo Portal Correio do Estado, um poste instalado às margens da rodovia estava danificado, sendo sustentado por madeiras ao redor. A estaca caiu recentemente e um fio de fibra ótica ficou atravessado na pista, o que teria assustado o motorista do veículo, modelo Renault Clio, com placas da Capital sul-mato-grossense, que freou repentinamente.

Carreta que seguia logo atrás não conseguiu frear e bateu na traseira do carro, que acabou arrastado por 150 metros.

A Politec de Rondonópolis informou que corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade e familiares da vítima, que moram em Cuiabá, seguiriam para fazer o reconhecimento do corpo. Os nomes das outras vítimas não foram divulgados.

*Colaborou Vânya Santos

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".