MAUS-TRATOS

Capivara é capturada, amarrada e agredida a pauladas por homem

Suspeito foi preso em flagrante e animal foi resgatado
13/09/2019 10:12 - GLAUCEA VACCARI


 

Homem de 36 anos foi detido depois de laçar uma capivara, arrastar o animal e tentar matá-lo com várias pauladas, na noite de ontem (12), em Três Lagoas.

Segundo consta em boletim de ocorrência, Polícia Militar Ambiental (PMA) recebeu ligação anônima informando que no local conhecido como lagoinha do Alto da Boa Vista um homem fez a captura da capivara com um laço e estaria desferindo vários golpes com pedaço de pau no bicho.

Ainda segundo o denunciante, o suspeito tentava arrastar o animal para uma barraca improvisada, construída em um terreno baldio.

Diante da informação, policiais foram até o local e encontraram o suspeito dentro da barraca. Foi constatado que, após ter agredido a capivara, o homem a amarrou por uma das patas traseiras em uma árvore.

Capivara estava debilitada, com sangramento em várias partes do corpos, e foi resgatada e encaminhada para o 3º Pelotão de Polícia Militar Ambiental.

O suspeito recebeu voz de prisão e foi conduzido até a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), onde foi autuado em flagrante por praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".