Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MAUS-TRATOS

Capivara é capturada, amarrada e agredida a pauladas por homem

Suspeito foi preso em flagrante e animal foi resgatado

13 SET 19 - 10h:12GLAUCEA VACCARI

Homem de 36 anos foi detido depois de laçar uma capivara, arrastar o animal e tentar matá-lo com várias pauladas, na noite de ontem (12), em Três Lagoas.

Segundo consta em boletim de ocorrência, Polícia Militar Ambiental (PMA) recebeu ligação anônima informando que no local conhecido como lagoinha do Alto da Boa Vista um homem fez a captura da capivara com um laço e estaria desferindo vários golpes com pedaço de pau no bicho.

Ainda segundo o denunciante, o suspeito tentava arrastar o animal para uma barraca improvisada, construída em um terreno baldio.

Diante da informação, policiais foram até o local e encontraram o suspeito dentro da barraca. Foi constatado que, após ter agredido a capivara, o homem a amarrou por uma das patas traseiras em uma árvore.

Capivara estava debilitada, com sangramento em várias partes do corpos, e foi resgatada e encaminhada para o 3º Pelotão de Polícia Militar Ambiental.

O suspeito recebeu voz de prisão e foi conduzido até a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), onde foi autuado em flagrante por praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Inadimplentes poderão <br> renegociar dívidas com Agehab
DESCONTOS DE ATÉ 100%

Inadimplentes poderão
renegociar dívidas com Agehab

Campo Grande será primeira a receber o novo Mais Médicos
Salários chegam a R$ 11 Mil

Campo Grande será primeira a receber
o novo Mais Médicos

Com calor de 39°C, falta de água continua em vários bairros
CAMPO GRANDE

Com calor de 39°C, falta de água continua

Agehab dá dez dias para mutuários regularizarem dívidas
INTERIOR

Agehab dá dez dias para mutuários regularizarem dívidas

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião