Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 21 de novembro de 2018

Crise financeira

Campo Grande adere e 79 prefeituras vão fechar
as portas em protesto

Movimento é organizado por associação que protesta contra crise financeira

5 AGO 2015Por ALINY MARY DIAS15h:51

Organizado pela Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), o protesto contra a crise financeira enfrentada pelos municípios vai fechar por um dia as portas de todas as prefeituras do Estado. Campo Grande aderiu ao movimento nesta quarta-feira (5) e declarou ponto facultativo na próxima segunda-feira (10), dia do ato.

O decreto assinado pelo prefeito Gilmar Olarte (PP) revela a adesão diante do lançamento da Campanha de Conscientização da População sobre a crise.

A assessoria de imprensa da Assomasul, que lançou o movimento, afirma que todos os prefeitos do Estado virão para Campo Grande na próxima segunda-feira quando farão reunião na própria sede da associação.

Devem participar do ato parlamentares e o governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Depois disso, cada prefeito decidirá como dará continuidade à campanha, que vai durar pelo menos 30 dias.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também