Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

POLÍCIA CIVIL

Candidatos aprovados recorrem de sentença que anula etapa de concurso

124 pessoas aprovados se sentiram prejudicadas

14 MAR 19 - 15h:46BRUNA AQUINO

Após a 6ª etapa do concurso público da Polícia Civil, prova de digitação ser anulada pela justiça no mês passado, cerca de 124 candidatos aprovados na etapa entraram com recurso para reformular a decisão do juiz David de Oliveira Gomes Filho, da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos de Campo Grande em primeira instância.

Os candidatos alegam que a etapa ocorreu com total legalidade por parte do estado e que o suposto “vazamento” não atrapalhou a aplicação da prova, pois foi incompleto, com 147 erros (sendo que eram permitidos apenas 20) e foi vazado em um grupo do WhatsApp chamado “Recurso Digitação PCMS”, grupo de candidatos reprovados na etapa.

Ingrid Laura de Paula, de 31 anos, é uma das candidatas que entrou com recurso para não realizar a prova novamente. “Nossa esperança é não repetir a prova, não foi o texto oficial que vazou, foi da candidata, é uma injustiça, eu não me beneficiei com isso, eu treinei bastante para fazer a prova e passei pelo meu estudo, não acho justo fazer de novo, finalizou.  

Os candidatos agora pedem o chamamento para o curso de formação policial, por ter passado em todas as etapas, apenas esperando uma nova convocação.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Rádio, impresso e tv são meios com maior credibilidade junto à população
PESQUISA

Rádio e impresso são meios com maior credibilidade

Justiça condena Sanesul a reparar danos ambientais em Três Lagoas
SOB PENA DE MULTA

Justiça condena Sanesul a reparar danos ambientais

Obras na Consul Assaf e Bandeirantes devem sair do papel com convênio de R$ 169 milhões
JUNTOS POR CAMPO GRANDE II

Obras na Consul Assaf e Bandeirantes estão em convênio de R$ 169 milhões

Clientes que não receberam materiais da Bigolin devem recorrer à justiça
FALIDA

Clientes que não receberam materiais da Bigolin devem recorrer à justiça

Mais Lidas