Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

NOVEMBRO AZUL

Câncer de próstata mata 6 homens por mês em Campo Grande

Durante o mês, unidades de saúde terão atividades de prevenção

1 NOV 19 - 15h:41GLAUCEA VACCARI

No primeiro semestre deste ano, 39 homens morreram por câncer de próstata em Campo Grande, uma média de 6,5 vítimas da doença por mês. Com objetivo de conscientizar sobre a saúde do homem e a prevenção do câncer de próstata, foi lançada, nesta sexta-feira (1º), a Campanha Novembro Azul, que iré promover diversas atividades nas 69 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e de Saúde da Família (UBSF) da Capital

O câncer de próstata é o segundo tumor que mais mata os homens no País. No entanto, a doença tem cura e o diagnóstico precoce é importante para o tratamento.

Conforme dados da Coordenadoria de Estatísticas Vitais (Cevital) da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), durante todo o ano passado, 82 pessoas morreram vítimas deste tipo de câncer, sendo a maioria homens com mais de 65 anos.

Considerado mês de conscientização e prevenção à doença, a campanha Novembro Azul tem objetivo principal de combater o câncer de próstata por meio de incentivo à realização periódica dos exames, em busca de diagnóstico precoce.

As unidades disponibilizam agendamento de consultas médicas e de enfermagem, atendimento odontológico, atendimento no pré-natal do parceiro, ações de saúde em locais de grande concentração de homens, como empresas e canteiros de obras e ações educativas que incluem: palestras sobre o tabagismo; prevenção à tuberculose e à violência; uso de álcool e drogas; oferta de atendimento em horário estendido voltado para a população masculina; aferição de pressão; vacinação; ofertas de exames e realização de testagem para HIV, sífilis e hepatites B e C.

A partir dos 45 anos todos os homens devem fazer os exames preventivos para detectar qualquer alteração na próstata. Os que já têm fatores de risco, como antecedentes de câncer de próstata ou de mama na família e homens da raça negra,  devem fazer os exames a partir dos 40 anos.

PREVENÇÃO E TRATAMENTO

Para a prevenção do câncer de próstata pode ser realizado o exame de PSA (antígeno prostático específico), para a detecção, controle e, caso necessário, o encaminhamento aos serviços de referencia, para confirmação do diagnóstico e tratamento.

O PSA avalia a quantidade da proteína pela próstata e geralmente quando a doença atinge essas glândulas esses níveis são aumentados. Cerca de 20% dos pacientes têm o câncer diagnosticado apenas com o exame do toque retal, que avalia o tamanho, a forma e a textura da próstata, o que permite detectar a presença de nódulos.

Os exames estão disponíveis na rede pública de saúde durante todo o ano. Para receber atendimento gratuito é necessário buscar a unidade de saúde mais próxima da sua residência.

Quando o câncer é diagnosticado e está restrito ao órgão, o paciente recebe um tratamento curativo, que pode variar de acordo com a estratificação de risco, ou seja, se há baixo ou alto risco de progressão.

Além do PSA, o toque retal é um exame clínico imprescindível para avaliar a sensibilidade, consistência e limites da próstata.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Falência da Santa Casa é questão <br>de tempo, diz Câmara
INVESTIGAÇÃO

Falência da Santa Casa é questão
de tempo, diz Câmara

Inmet alerta para pancadas de chuva em parte de MS
TEMPO

Inmet alerta para pancadas de chuva em parte de MS

Família tradicional de Ponta Porã ajudou na fuga de doleiro
LAVA JATO NO PARAGUAI

Família tradicional de Ponta Porã ajudou na fuga de doleiro

Cidade do Natal será aberta em dezembro com shows e roda gigante
CAMPO GRANDE

Cidade do Natal será aberta em dezembro com shows e roda gigante

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião