Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

POLÍCIA INVESTIGA

Campo-grandense é encontrado<br> morto em córrego de São Paulo

Corpo foi localizado ontem, às 12h, por moradores da região
13/02/2018 10:50 - BRUNA AQUINO


 

Hamilton Kaue Moraes Lima, de 22 anos, foi encontrado morto em córrego, no Parque Ecológico do município de Indaiatuba, interior de São Paulo, ontem (12). De acordo com informações do G1 de São Paulo, o corpo foi localizado por pessoas que passavam próximas a área de pedalinhos e quiosques do parque, que fica as margens da Avenida Fábio Roberto Barnabé. A suspeita é de que o rapaz tenha sido agredido, mas o caso está sendo investigado pela polícia.

De acordo com informações do jornal Tribuna de Indaiá, por volta das 12h, o Corpo de Bombeiros foi acionado e retirou o jovem da água. Acredita-se que o rapaz tenha ficado no córrego de dois a três dias.

Ainda de acordo com o jornal de Indaiatuba, famíliares informaram que ele chegou na cidade recentemente e saiu no domingo (11), para o carnaval de rua.

A suspeita da família é de que Hamilton teria sido agredido durante a festa de carnaval e foi jogado no córrego ainda vivo. A Polícia Civil de Indaiatuba investiga as circunstâncias da morte.

Esse é o segundo caso em que campo-grandense é encontrado morto no Estado de São Paulo nos últimos dias. Na quinta-feira (8), Bruno Lima da Silva, de 30 anos, foi encontrado morto com sinais de espancamento na Praça da República, depois de sair para o carnaval de rua. Polícia não descarta possibilidade de latrocínio.

Felpuda


Político experiente tem repetido que não é o momento de falar em eleições. O momento é de tensão, de incertezas políticas e econômicas – como se o País fosse uma ilha de preocupações cercada pelo coronavírus por todos os lados. Em Mato Grosso do Sul, onde já se registrou morte pela doença e o número de casos só tende a subir, não poderia ser diferente. “É suicídio político para quem ousar falar em eleição neste momento”, conclui. Só!