Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

Campo Grande

Videomonitoramento é ineficaz
e comércio permanece inseguro

Dois anos depois de câmeras serem instaladas, o objetivo não foi alcançado

12 OUT 2017Por Tainá Jara04h:00

Mais de dois anos depois de instalado, o sistema de videomonitoramento da região central de Campo Grande não funciona plenamente e não garante a segurança que foi prometida. Sem manutenção das 22 câmeras, as chances de ampliação do serviço e redução da criminalidade  ficam cada vez mais reduzidas. 

Conforme o comandante da Guarda Civil Municipal, Anderson Gonzaga da Silva Assis, quatro aparelhos do sistema não estão funcionando. No início deste ano, eram sete o número de câmeras estragadas. Mas, de acordo com o comandante, foram arrumadas.

Na época, os aparelhos não estavam funcionando devido a problemas nos cabos de fibra óptica, responsável pela condução das imagens captadas. “A empresa foi contactada e a manutenção foi feita”. Apesar disto, ele admite que algumas câmeras não estão funcionando. 

Reportagem completa está na edição de hoje do Correio do Estado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também