Campo Grande - MS, terça, 14 de agosto de 2018

Pavimentação

Vias serão duplicadas para reduzir fluxo de caminhões na área urbana do Indubrasil

Obra de pavimentação e drenagem terá investimento de R$ 6,6 milhões

17 AGO 2017Por LUCIA MOREL15h:31

Obra de pavimentação e drenagem nas avenidas Principal 1 e 2 no Núcleo Industrial de Indubrasil inclui também duplicação das vias. O objetivo é reduzir fluxo de caminhões na área urbana do distrito, onde há escola municipal e fazer ligação direta entre o anel viário e a BR-262, na saída para Terenos.

O secretário de obras do governo do Estado, Marcelo Miglioli, explicou que as entradas ao núcleo serão tanto pela 262 quanto pelo anel viário, mas em pistas duplicada. 

“Isso facilita o acesso e também o fluxo interno da região de uma ponta a outra”, sustentou, lembrando que haverá a recuperação da pista antigas das duas avenidas.

A obra, no valor de R$ 6,6 milhões, é custeada pelo Fundo de Apoio à Industrialização (FAI), administrado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro). Ao todo, 6 Km de vias serão recuperados.

Para o prefeito de Campo Grande, Marcos Trad (PSD), com a obra, o tráfego intenso de caminhões será alterado para a BR-262, o que dará mais segurança aos estudantes e moradores do distrito. 

“Vai tirar o trânsito pesado daquele itinerário (área urbana) e mudar para próximo da BR”, comemorou.
Segundo o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), a reestruturação das avenidas vai servir para atrair mais empresas ao polo industrial e ainda permitir que as empresas cuja instalação está em andamento, mantenham seus investimentos. “Temos R$ 600 milhões em investimentos de novos empreendimentos se instalando”, afirmou.

O investimento ocorre 40 anos depois de Indubrasil ter sido criado e esta é a primeira restauração do local desde 1977. 

A expectativa é que a obra seja finalizada dentro de 180 dias e entregue em fevereiro do ano que vem. Cerca de 48 mil m² da área do Núcleo Industrial serão beneficiados. A Engepar Engenharia e Participações Ltda está responsável pela obra.

Leia Também