Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CÂMARA MUNICIPAL

Vereadores de Campo Grande lamentam tragédia em Suzano

Eles alertam para a falta do contato familiar e excesso de jogos

14 MAR 19 - 11h:18RENATA VOLPE

Os vereadores de Campo Grande usaram o momento da palavra da liderança, nesta quinta-feira (14) , para falar sobre o ataque na escola de Suzano, em São Paulo, por ex-alunos, deixando 10 mortos. A maioria dos políticos culpou a falta da presença da família, como resultado do ataque.

O vereador Odilon de Oliveira (PDT) falou que as razões são oriundas por falta da família. "A violência começa no mundo virtual e se concretiza na vida real".

A vereadora Cida Amaral (PROS) disse se solidarizar com as mães que passam pelo pior momento: o de enterrar um filho. "Seja a mãe que teve que enterrar o filho que cometeu essa tragédia e as mães dos alunos que estavam estudando e foram vítimas".

Cida levantou a questão da tecnologia que veio para ajudar, mas acaba incentivando as crianças a fazer coisas maléficas. "Precisamos de bases mais consolidadas para que esse cidadão tenha norte melhor. Seja na religião, no esporte. O que não pode é deixar essas crianças sofrendo”, declarou. A gente pensa que tá longe em Suzano, “uma mulher morta lá, tem familiares aqui".

Ayrton Araújo (PT) disse que a tragédia acontece devido ao submundo da internet. "Isso vem tirando os filhos do seio da família, tanto como as drogas e os maus tratos, falta de afeto, carinho dos pais com os filhos. Nem todos, mas a maioria deles são culpados pelas coisas que tem na internet".

O vereador alertou que os pais precisam policiar os filhos que acessam a internet. “As meninas não brincam mais de boneca e os meninos não jogam bola, mas sim estão com celular nas mãos".

O petista citou um crime que aconteceu ontem à noite, com um suspeito morto de 18 anos e outro preso. “Violência aumentando, falta de afeto e respeito está acabando, aí onde as pessoas cometem o crime. O incentivo de usar da arma de fogo aumenta o homicídio no país.Temos que cuidar dos nossos filhos, principalmente os pais que entregam celular na mão dos filhos para acalmar e distrair as crianças”, finalizou.

Dharleng Campos (PP)  também falou da tragédia e disse que não só entristeceu a população, mas acabou de certa forma com algumas esperanças que existem. “Não só em Suzano, mas, no país todo vemos cada vez mais a falta de participação da família. A família precisa acompanhar tudo que acontece na casa. Não.podemos deixar os filhos à mercê da internet e televisão. Peço que as famílias fiquem atentas ao que acontece dentro da casa, o que acontece perto da gente. Fatos como esse poderiam ter sido evitados".

Eduardo Romero (Rede) falou que é preciso fazer uma reflexão de como as políticas públicas precisam olhar pra dor da sociedade. "Não foi só unicamente o uso da internet e afastamento dos pais. É também a falta de amor próprio, todos que tem amor presentes começam a observar o mundo com outros olhos. Nós precisamos pensar em políticas públicas, opção de lazer e cultura para que a sociedade rebate os valores da fraternidade e amor", finalizou.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Mulher será indenizada em R$ 15 mil depois de ser atingida por toldo de loja
JUSTIÇA

Mulher ferida por toldo de loja será indenizada

Shopping é condenado a pagar R$ 10 mil por falsa acusação de furto
CAMPO GRANDE

Shopping é condenado a pagar R$ 10 mil por falsa acusação de furto

Quadrilha que planejava crimes pelo whatsapp é desarticulada
NO INTERIOR

Quadrilha que planejava crimes pelo whatsapp é desarticulada

Bairro Guanandi recebe mutirão contra dengue neste fim de semana
EPIDEMIA

Guanandi terá mutirão contra dengue no fim de semana

Mais Lidas