Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

"COFFEE BREAK"

Vereadores “cafezeiros” serão chamados para depor no Gaeco

Envolvidos na compra de votos terão de comparecer para prestar esclarecimento

1 SET 15 - 00h:00DA REDAÇÃO

Os envolvidos no esquema de compra de votos para cassação do mandato do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), serão chamados para depor, a partir de hoje (1º), no Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado). Os “cafezeiros”, suspeitos de receberem propinas dos empresários João Amorim e João Baird, terão de comparecer espontaneamente ou serão levados à força pela polícia e pelos integrantes do Ministério Público Estadual (MPE) para explicarem o esquema de compra de votos.

Ninguém da “turma do cafezinho” escapará da mira do Gaeco. Os principais alvos são os vereadores que votaram pela cassação do mandato de Bernal. O vice-prefeito Gilmar Olarte (PP), que assumiu o cargo, com o afastamento de Bernal pela Câmara Municipal, também, terá de comparecer ao Gaeco.

Olarte foi empossado no cargo de prefeito pelos vereadores no dia 13 de março de 2014, um dia depois do Legislativo cassar o mandato de Alcides Bernal. Isto depois da “guerra de liminares” no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul contra e a favor do julgamento político no Legislativo. Praveleceu a decisão da desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges sobre as liminares concedidas pelo então presidente em exercício do TJMS, desembargador João Batista, hoje aposentado.

(*) A reportagem, de Adilson Trindade, está na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Senado discutirá impacto <br> ambiental em Bonito-MS
TURISMO

Senado discutirá impacto
ambiental em Bonito-MS

DOF apreende comboio de veículos com produtos contrabandeados
ORIGEM PARAGUAIA

DOF apreende comboio de veículos com contrabando

Acordo que limita voos para a Argentina pode ser revisto
TURISMO

Acordo que limita voos para a Argentina pode ser revisto

Homem é preso em flagrante com 50 munições calibre 22
ANASTÁCIO

Homem é preso em flagrante com 50 munições calibre 22

Mais Lidas