Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

DEMOCRACIA

Vereador defende jornalista do Correio do Estado agredida por sobrenome

Repórter não tem parentesco com petista Fernando Haddad

30 OUT 18 - 16h:45GABRIELA COUTO

O vereador Eduardo Romero (REDE) pediu o fim da onda de violência na sessão de hoje ao citar o ocorrido com a jornalista do Correio do Estado, Renata Volpe Haddad, na cobertura das eleições no último domingo.

“Ela não tem nenhum parentesco com o então candidato a presidente pelo PT Fernando Haddad e sofreu agressões físicas, verbais e morais por grupos que fizeram alusão com seu nome”, disse no plenário da Câmara Municipal.

A repórter de Política teve os cabelos puxados e foi agredida verbalmente por seguidores do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

“Violência não se pode tolerar. Democracia é viver com diversidade e pluralidade, sobretudo com respeito às pessoas”, ponderou Romero.

 

 

 

 

 

 

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Árvore na calçada impede passagem e coloca segurança de pedestres em risco
FALTA DE ACESSIBILIDADE

Árvore impede passagem em calçada e traz riscos; Veja vídeo

Segunda etapa da campanha de vacinação começa nesta segunda
GRIPE

Segunda etapa da campanha de vacinação começa segunda

Feriado sem mortes, mas 1,6 mil são autuados por excesso de velocidade
RODOVIAS FEDERAIS

Mais de 1,6 mil são autuados por excesso de velocidade

Pacientes esperam até 6 horas por atendimento em CRS da Coophavilla
SAÚDE

Pacientes esperam até 6 horas por atendimento em CRS

Mais Lidas