Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

mais espera

Tribunal de Contas suspende
licitação do tapa-buraco

Edital prevê investimento de mais de R$ 47 milhões

31 MAI 17 - 05h:00DA REDAÇÃO

Análise de licitação pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) barrou mais uma ação da Prefeitura de Campo Grande. Desta vez, o alvo foi a concorrência para tapa-buraco.

O edital para a contratação foi lançado no início deste mês e previa investimentos de até R$ 47.311.469,77.

Entretanto, em decorrência de irregularidades apontadas pelo TCE, o procedimento foi suspenso pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviço Público (Sisep). As propostas da concorrência deveriam ser abertas hoje.

A licitação aberta previa a manutenção de vias públicas, reconstituição de pavimento asfáltico e selagem de capa asfáltica com fornecimento de materiais em todas as sete regiões urbanas da Capital:  Anhanduizinho, Bandeira, Centro, Imbirussu, Lagoa, Prosa e Segredo. 

Conforme decisão liminar, publicada na edição de ontem no Diário Oficial do TCE, a Inspetoria de Engenharia, Arquiterura e Meio Ambiente (IEAMA) do órgão, apontou 19 irregularidades no edital de licitação. 

Alguns dos problemas assinalados são relativos a cláusulas restritivas, como a exigência de garantia prévia de participação pelas empresas licitantes no valor referente a 1% do valor do orçamento. 

*Leia reportagem, da Tainá Jara, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Empresa terá 30 dias para implantar cobertura de vidro no Aquário
OBRA

Aquário terá cobertura de vidro em até 30 dias

BRASIL

Pagamento de bolsas do CNPq está garantido este ano, diz governo

BRASIL

Comissão da Câmara aprova R$ 600 milhões para a Capes em 2020

PM vai capacitar agentes penitenciários para assumir responsabilidades com presos
SEGURANÇA PÚBLICA

PM vai capacitar agentes penitenciários para assumir responsabilidades com presos

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião