Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

Skunk

Três são presos com ''supermaconha'' na Capital

Supermaconha é conhecida por 'skunk' com taxas de THC superiores à comercial

7 AGO 2015Por Danielle Valentim11h:57

Diego Lira, 28 anos, Rafael Lucas dos Santos, 25 anos e Fabiano Alves de Souza também de 25, foram presos na madrugada desta sexta-feira (7), com mais de 700 gramas da ''supermaconha'', o skunk, e uma caminhonete S-10 furtada em São Paulo, no Bairro Centro Oeste, em Campo Grande. A droga contém taxas superiores de THC e é vendida por preços mais altos comparado a comercial.

De acordo com o boletim de ocorrência, as prisões aconteceram por volta da 1 hora da manhã, quando policiais militares flagraram uma caminhonete S-10 estacionada em frente a uma residência, na Rua Catiguá, no Bairro Jardim Centro-Oeste.

Durante a revista pessoal, os militares encontraram com Rafael uma mochila com roupas e R$ 1.074,00, que ao ser questionado a origem não soube informar, apenas que havia acabado de desembarcar em Campo Grande, vindo da cidade de Amambai.

Já Fabiano, entregou um documento falso, para despistar os militares, já que tem passagens pela polícia, mas acabou confessando. Já Diego Lira, que também tem passagem por roubo de carro para outro estado, assumiu a propriedade do veículo e inclusive apresentou documentação. À polícia, Diego disse que estava em frente a casa da ex-mulher, para ver seu filho.

Durante vistoria no veículo, os militares constataram que havia sido furtado em São Paulo. Diante da situação, os militares entraram na casa com autorização de Diego e encontraram uma mochila em cima do telhado com 718 gramas da modalidade de maconha.

Todos os envolvidos negam a propriedade da droga, mas foram encaminhados a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), Piratininga.

SKUNK

Cultivada em condições especiais de temperatura, luminosidade e umidade, geralmente em estufas, com técnicas do sistema hidropônico, a planta desenvolve-se com maior rapidez e ocupa menos espaço. Enquanto uma planta da espécie de cannabis sativa comum mede cerca de 1,8 m, a planta cultivada nessas condições alcança apenas 30 cm. Como resultado, enquanto em uma espécie de cannabis sativa comum a concentração de THC é de 2,5%, no skunk pode chegar a 17,5%.

 

Leia Também