Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sábado, 17 de novembro de 2018

CAPITAL

Traficante morto em confronto
com o Choque é identificado

Suspeito tinha passagens pela polícia, incluindo roubo e tráfico

11 JUL 2017Por MARIANE CHIANEZI14h:17

Pedro Gabriel da Silva, de 39 anos, foi identificado como o traficante morto em confronto com os policiais do Batalhão da Polícia Militar de Choque (BPChoque) na madrugada de hoje, na Rua da Abolição, no Bairro Taquarussu, em Campo Grande. 

Conforme informações do Choque, identificação foi possível no início desta tarde. Ele já tinha tinha passagens por tráfico e roubo, além de haver registro de fulga da prisão.

Ele foi encaminhado até a Santa Casa para receber atendimento médicos, mas não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois. Um comparsa, que estava com Gabriel no momento da troca de tiros, conseguiu fugir e não foi identificado.

Em 31 de março, juiz Mário José Esbalqueiro Junior, da 2ª Vara de Execução Penal, havia determinado a prisão em regime fechado de Pedro Gabriel. A pena que ele devia cumprir só venceria em 29 de dezembro de 2036, ao todo seriam 41 anos e sete meses de condenação.

A Polícia Civil já tinha sido notificada para efetuar a prisão do réu desde 24 de maio deste ano.

CASO

Segundo informações do boletim de ocorrência, dois homens estavam em um veículo Palio branco, próximo a Rua Quinze de Novembro, entregando drogas, quando despertou suspeita na equipe da Guarda Municipal, que decidiu seguir o veículo.

Durante acompanhamento, já no Bairro Taquarussu, homens atiraram na viatura da Guarda. Bandido que conduzia o Palio perdeu o controle e colidiu em meio-fio. Em seguida, ocupantes do veículo fugiram a pé, pulando muros de residências do bairro.

Equipe do Batalhão da Polícia Militar de Choque (BPChoque) foi acionada e tentou capturar os fugitivos. Em um terreno próximo, policiais ouviram barulho de disparo de arma de fogo e revidaram, acertando um dos traficantes, que foi socorrido.

A perícia esteve no local e foram encontrados no veículo revólver tipo garrucha com dois canos contento uma munição intacta e outra deflagrada, uma porção de pasta base de cocaína, dois celulares, além de R$ 501 em cédulas e R$ 3,85 em moedas.

Veículo foi apreendido e caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) no Bairro Piratininga.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também