Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

Preso em flagrante

Suspeito atira quatro vezes contra vítimas durante roubo, mas arma falha

Preso, ele disse que comete crimes porque "não consegue emprego"

6 OUT 2017Por GLAUCEA VACCARI E MARIANE CHIANEZI15h:21

Clodoaldo de Souza Silva, 18 anos, foi preso por roubar duas mulheres próximo ao Hospital Regional Rosa Pedrossian, em Campo Grande. Suspeito atirou quatro vezes contra as vítimas, mas a arma falhou.

De acordo com o delegado Reginaldo Salomão, da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), uma mulher de 30 anos e a amiga dela haviam acabado de sair do hospital, onde foram visitar parentes que estão internados, e decidiram ir a pé para casa.

Durante o caminho, elas foram abordadas por Clodoaldo e seu comparsa, Dener Tavares Donato, 25 anos, que estavam em uma moto e anunciaram o roubo, ordenando que as vítimas entregassem o celular.

A mulher de 30 anos entregou o aparelho, mas a amiga se recusou. Neste momento, Clodoaldo sacou uma arma, apontou para a cabeça da mulher e puxou o gatilho duas vezes, mas a arma falhou.

Vítimas aproveitaram a situação e começaram a gritar por socorro. Quando outras pessoas começaram a se aproximar, suspeitos subiram na moto e fugiram. Já na moto, Clodoaldo se virou para trás e apertou novamente o gatilho por duas vezes, mas arma não disparou.

Por meio de investigações, polícia chegou até o suspeito. Com ele foram encontrados o celular da vítima e outros dois aparelhos, também produtos de roubo.

À polícia, ele disse que a arma usada no crime era um simulacro. No entanto, conforme o delegado, a versão das vítimas de que a arma falhou é mais verídica.

“Não tem sentido ele estar com simulacro e na hora de ir embora tentar atirar de novo”, disse o delegado.

Dener não foi localizado pela polícia, mas ele teve a prisão preventiva decretada e é considerado foragido. Ele tem passagens pelos crimes de roubo, furto e homicídio.

Clodoaldo confessou o roubo e disse que está no mundo do crime porque "não tem dinheiro e não consegue arrumar emprego". Ele já tem passagens por roubo, roubo majorado, furto, furto qualificado e porte de drogas.  

Leia Também