Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

saúde

Superlotação na Santa Casa
de Campo Grande é uma farsa

Macas estocadas revelam que hospital atende poucos pacientes

7 AGO 17 - 07h:00DA REDAÇÃO

Com portões fechados desde a noite de quarta-feira, 2 de agosto, o pronto-socorro da Santa Casa de Campo Grande continua sem receber pacientes.

No entanto, macas vazias estocadas no local e corredores sem nenhum paciente mostram que a superlotação alegada pela direção do hospital já não existe mais, é uma farsa.

A situação motivou o prefeito Marcos Trad (PSD) a buscar auxílio do Ministério Público Federal (MPF) para verificar possível intervenção na Santa Casa. O órgão federal será procurado nesta segunda-feira.

Na Câmara de Vereadores, Chiquinho Teles, do mesmo partido, vai protocolar amanhã pedido de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as contas da unidade hospitalar.

Até o momento, o fechamento já provocou aumento de serviços no Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian (Humap), da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), e a detenção de dois porteiros da Santa Casa pelo Corpo de Bombeiros na noite de sábado, quando até mesmo os militares identificaram muitos leitos vazios no local.  

Ontem, em agenda pública, o prefeito afirmou que “nós vamos conversar diretamente com o MPF, eles fazem parte da gestão, para que analisem se há necessidade ou não dessa intervenção”, afirmou, justificando que o fechamento do PS indica que a Santa Casa “não tem mais condições” de administrar o local. 

O fechamento do pronto-socorro da Santa Casa é válido somente para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), responsáveis por mais de 80% da demanda do hospital. O acesso de quem puder arcar com consulta particular, ou for cliente de convênios, ocorre normalmente.

*Leia reportagem, de Lucia Morel e Tainá Jara, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Durante bebedeira, idoso mata o amigo a facada em MS
'DEU RUIM'

Durante bebedeira, idoso mata o amigo a facada em MS

Homem é encontrado morto e suspeita é de choque elétrico
MORTE A ESCLARECER

Homem é encontrado morto e suspeita é de choque elétrico

Projeto Vertentes une 300 músicos em shows especiais
ARTE

Projeto Vertentes une 300 músicos em shows especiais

Em início de noite violenta, duas pessoas são assassinadas
DOURADOS

Em início de noite violenta, duas pessoas são assassinadas

Mais Lidas