Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 16 de outubro de 2018

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Sistema de biometria para
deputados vai custar R$ 275 mil

Equipamentos instalados no Estado são iguais aos utilizados no Senado

14 JUN 2018Por MARESSA MENDONÇA E IZABELA JORNADA12h:11

Os deputados estaduais de Mato Grosso do Sul vão poder votar projetos por meio de biometria e senha. O sistema eletrônico que será instalado na Casa de Leis, igual ao utilizado no Senado, custou R$ 275 mil. O pagamento será realizado em parcelas mensais de R$ 22.950. 

O contrato foi firmado no dia 19 de abril após a realização de um pregão presencial. A empresa responsável pelo projeto é a Visual Sistemas, com sede em Belo Horizonte. O sistema utilizado por eles foi criado há 20 anos e é utilizado em Assembleias Legislativas espalhadas por todo o país, como em Pernambuco e Goiás, por exemplo. 

O sistema permite que os deputados votem por meio da biometria ou através de senhas. Técnicos da empresa estão em Campo Grande desde o dia 12, quando começaram a instalar os monitores. A previsão é de que os aparelhos estejam disponíveis na próxima terça-feira (19). 

O deputado e primeiro-secretário Zé Teixeira (DEM) declarou que, “ a Casa precisa modernizar e o povo deve ter o conhecimento do que tá acontecendo na Assembleia. O voto eletrônico identificado vai servir para para anunciar no plenário tudo o que está acontecendo no plenário”, declarou.

Segundo Teixeira, o sistema vai anunciar também os nomes dos deputados ausentes. O aparelho digital de biometria vai ficar sobre a mesa de cada um dos parlamentares. 

Um painel eletrônico será instalado no plenário, outro no plenarinho e o último no saguão da Assembleia. Ao todo, são três painéis.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também