Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Servidores poderão ter
20 dias de licença-paternidade

Apenas pais lotados no Legislativo

14 AGO 19 - 13h:19IZABELA JORNADA

Servidores da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul poderão ter 20 dias de licença-paternidade. Proposta foi aprovada em segunda votação durante sessão desta quarta-feira (14). Projeto segue para avaliação do governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB).

De autoria do primeiro-secretário da Casa de Leis, deputado Zé Teixeira (DEM), a motivação para apresentação da proposta é porque demais Poderes já esticaram a licença. Esse é o caso do Tribunal de Justiça (TJ-MS) e da Defensoria Pública.

Atualmente, os servidores tem apenas cinco dias de licença e de acordo com o autor da proposta, não são suficientes para que os pais possam dar auxílio às mães nos primeiros dias de vida do bebê.

O único deputado que foi contrário a proposta foi Renan Contar (PSL). Outros 16 votaram a favor da matéria.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Nova decisão proíbe início de obra no Parque dos Poderes
ESTACIONAMENTO

Nova decisão proíbe início de obra no Parque dos Poderes

Senado aprova MP da Liberdade Econômica sem previsão de trabalho aos domingos
BRASIL

Senado aprova MP e derruba trabalho aos domingos

Jornalista do Intercept se diz espantado com debate sobre sigilo de fonte
VAZA JATO

Jornalista do Intercept se diz espantado com debate sobre sigilo de fonte

RONDANDO NO PAÍS

Saúde investiga caso suspeito de sarampo em Campo Grande

Criança de 10 meses apresentou sintomas

Mais Lidas