Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

GREVE

Professores aceitam flexibilizar negociação por reajuste

Categoria já está em greve há 60 dias e pede que Prefeitura faça reajuste em 13,01%

7 AGO 15 - 17h:05MARESSA MENDONÇA E GLAUCEA VACCARI

Os professores da Rede Municipal de Ensino (Reme) decidiram, em assembleia nesta sexta-feira, que continuam em greve e que vão tentar negociar uma flexibilização maior para que a prefeitura pague o reajuste de 13,01% que irá integralizar o salário ao piso nacional. A greve da categoria completou dois meses nesta sexta.

Conforme o presidente do Sindicato Campo-Grandense de Professores (ACP), Geraldo Gonçalves, durante reunião realizada hoje pela manhã, a Prefeitura apresentou um indicativo com as medidas que poderiam ser adotadas para cumprir a lei do piso salarial, mas não há como falar em proposta porque nada foi formalizado.

Uma alternativa apresentada pelo Executivo Municipal foi o aumento de 8% do salário de cada professor no valor do cartão alimentação da categoria por 90 dias, prazo necessário para tentar alcançar o limite prudencial e negociar o reajuste de 13,01%,  mas a alternativa foi rejeitada pela categoria.

O presidente da ACP, Geraldo Gonçalves, irá se reunir com os representantes da prefeitura para dar continuidade às negociações.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Após morte de peixes, MP abre inquérito para apurar regularidade de esgoto
RIO ANHANDUÍ

Após morte de peixes, MP abre inquérito para apurar regularidade de esgoto

Tarifa de pedágio da ponte sobre Rio Paraguai aumenta 2,83% em janeiro
PREPARE O BOLSO

Tarifa de pedágio da ponte sobre Rio Paraguai aumenta 2,83% em janeiro

A exemplo da Paulista, 14 de Julho será fechada para carros aos domingos
A PARTIR DE AMANHÃ

A exemplo da Paulista, 14 de Julho será fechada para carros aos domingos

Cobrando melhorias e reajuste salarial, motoristas protestam na Afonso Pena
TRANSPORTE PÚBLICO

Cobrando melhorias e reajuste salarial, motoristas protestam na Afonso Pena

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião