Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

MEDIDA

Segurança em escolas será
reforçada a partir de hoje

PM ativará sistema de ronda para unidades educacionais

4 OUT 2017Por DA REDAÇÃO06h:00

O governo do Estado lança hoje um plano para reforçar a segurança em escolas estaduais e municipais de Campo Grande.

Desenvolvida em parceria entre as secretarias estaduais de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e de Educação (SED), a iniciativa prevê, inicialmente, o emprego de 20 policiais militares e cinco viaturas para policiamento preventivo. As equipes atenderão escolas nos três turnos.

A novidade é que militares e educadores estarão juntos em grupo de WhatsApp para trocar experiências e informar ocorrências.

O projeto, intitulado “Escola Segura, Família Forte”, foi um dos dois do Brasil aprovados pela Comissão Andina de Fomento (CAF), Banco de Desenvolvimento da América Latina, que vai avaliar gratuitamente o impacto das medidas na redução da criminalidade no ambiente escolar.

Caso o resultado seja positivo como esperado, a proposta será replicada em escala internacional, partindo, obviamente, da ampliação para todas as escolas de Campo Grande e municípios do interior. A PM não terá gastos adicionais com a implantação do programa.

Segundo o coronel Renato Tolentino Alves, comandante do Policiamento Metropolitano e organizador das rotinas do programa, cada um dos batalhões na cidade vai receber viatura para atendimento específico de regiões como Lagoa, Imbirussu, Anhanduizinho, Bandeira e Centro, entre outras.

As equipes ficarão nas ruas das 6h30min às 23h, atendendo exclusivamente ocorrências ligadas às unidades escolares.

“Vamos começar em regiões de periferia, como a Escola Municipal Padre Tomaz Ghirardelli, no Dom Antônio, e outras nas Moreninhas, Los Angeles e bairros em que o índice de violência chama mais a atenção”, explicou.

*Leia reportagem, de Renan Nucci, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Leia Também