Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ESTAVA DE FOLGA

De folga, sargento do Choque faz parto de vizinha

Desesperada, mãe enviou mensagem pedindo ajuda

13 SET 19 - 16h:14IZABELA JORNADA

Acostumado a lidar com ocorrências pesadas de furtos e roubos, sequestros e conflitos que, muitas vezes, acabam em morte, hoje foi o dia do sargento do Batalhão do Choque (tropa de elite da PM do Estado), que trabalha há 13 anos na corporação, ser acionado para um caso diferenciado e cheio de emoção. Isso porque Alasson Luiz Inácio de Alvarenga, 38 anos, teve que fazer um parto normal de última hora. “Alasson, você tá em casa? Pelo amor de Deus, vem aqui, acho que vou ter neném em casa”, dizia a mensagem da mãe, de 30 anos, que teve bebê em sua própria casa, ao ser socorrida pelo sargento.

O sargento foi acionado pela vizinha, a qual conhece desde a adolescência, para ajudá-la no momento que ela estava para dar a luz ao pequeno “Júnior”. “Eu estava em casa quando ela me mandou uma mensagem de what´s app dizendo que seu filho estava pra nascer”, disse o sargento.

Ao chegar na casa da vizinha, o sargento disse que o bebê já estava coroando e teve que fazer o parto, imediatamente. “Não dava mais tempo de chamar o socorro”, acrescentou.

Esse foi o primeiro parto da vida de Alasson, ele disse que os vários vídeos que já teve a oportunidade de ver, na internet, sobre o assunto, o ajudou no momento de dar a vida ao bebê. “Virei ele de lado para que fosse excretado qualquer líquido que tivesse dentro da boca dele, incentivei o choro e enrolei o cordão”, explicou o sargento.

Em seguida o Serviço de Atendimento Móvel (Samu) chegou ao local e a mãe e o bebê foram levados para o Hospital Regional.

Ainda de acordo com o sargento, a mãe da criança estava na companhia de seus pais que já são idosos.

O sargento disse que ficou muito feliz de saber que a mãe, de 30 anos, confiava nele para tamanha responsabilidade. “Sensação diferente, não se faz um parto todo dia, o sentimento é de gratidão”, disse o sargento. 

O caso aconteceu no bairro São Conrado, na manhã desta sexta-feira (13), aproximadamente, às 10h30.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Concurso abrirá 350 vagas para a Guarda Civil
CAMPO GRANDE

Concurso abrirá 350 vagas para a Guarda Civil

Prefetura inicia nova etapa de obras na Ernesto Geisel
CAMPO GRANDE

Prefetura inicia nova etapa de obras na Ernesto Geisel

Bombeiros de DF utilizam preparação para a Amazônia no combate às chamas no Pantanal
REFORÇO

Bombeiros de DF utilizam preparação para a Amazônia no combate às chamas no Pantanal

Governador sanciona lei que abre renegociações de dívidas com Agehab
HABITAÇÃO

Governador sanciona lei que abre renegociações de dívidas com Agehab

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião