Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Bernal

Rose nega existência de compra de voto para cassação de Bernal

Como vereadora, a vice-governadora apoiou o afastamento do prefeito

7 SET 15 - 00h:00ZANA ZAIDAN

A vice-governadora Rose Modesto (PSDB) negou a existência de esquema entre vereadores e empresários para cassar o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP). Na época em que a Câmara apreciou a cassação, em março do ano passado, Rose era vereadora e votou favorável pela perda do mandato. A tucana diz que o episódio ficou no passado e, hoje, está focada em, junto com o prefeito, sanar os problemas da cidade.

“ Falo por mim, que nunca estive com nenhum empresário. Uma situação como esta (cassar um prefeito) precisa de respaldo técnico, e isso que fui buscar. A Comissão Processante teve parecer do Ministério Público, do Tribunal de Contas e disse tudo isso na hora de declarar o meu voto. Minha decisão jamais foi política, foi extremamente técnica”, disse Rose, lembrando, ainda, “que foram encontrados nove crimes” contra Bernal, “um deles, o da merenda, o próprio Ministério Público Federal já o condenou”, acrescenta.

Segundo o órgão, Bernal fraudou licitação para aquisição e distribuição de merenda escolar a 34 Centros de Educação Infantil (Ceinfs) e 94 escolas da rede municipal na primeira fase de sua administração, o que também foi investigado pelos vereadores.

*A reportagem de Zana Zaidan está na edição de hoje do Correio do Estado.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Homem estaciona para fazer ligação é e assaltado no Universitário
CAMPO GRANDE

Vítima estava vindo de MT para visitar a tia

Rapaz é espancado por sete pessoas na Capital
VIOLÊNCIA

Rapaz é espancado por sete pessoas na Capital

Campo Grande Expo 2019 <br>abre seus portões amanhã
INFORME PUBLICITÁRIO

Campo Grande Expo 2019 abre seus portões amanhã

Ato em apoio ao governo de Bolsonaro reúne milhares de pessoas na Capital
MANIFESTAÇÃO

Ato em apoio ao governo reúne 4 mil pessoas na Capital

Mais Lidas