segunda, 16 de julho de 2018

RECEPTAÇÃO

Rapaz receptava baterias e vendia no Facebook por valor 5 vezes menor

Thiago Nathan da Silva Almeida cobrava cinco vezes menos do valor do mercado

12 AGO 2015Por LAURA HOLSBACK10h:30

Rapaz, de 22 anos, foi detido depois de anunciar à venda,  em página no Facebook, baterias furtadas de armários de telecomunicações, em vias públicas de Campo Grande. Thiago Nathan da Silva Almeida, confessou ter comprado os produtos para revendê-los e cobrava valor cinco vezes inferior ao do mercado.

De acordo com informações da Polícia Civil, um funcionário da empresa de telecomunicação Oi, que atua como segurança patrimonial, denunciou o caso depois de buscar no Facebook páginas que ofereciam esse tipo de baterias. Uma vez que não é comercializada paralelamente, apenas, para empresas do segmento.

Ainda conforme o denunciante, constantemente, baterias são alvos de furtos, visto que ficam vulneráveis dentro de armários de rede de telefonias, em vias públicas.

PRISÃO

Ontem (11), o funcionário marcou encontro com Thiago, supostamente, para fazer a compra, mas foi acompanhado por policiais. O ponto marcado foi a casa do receptador, na Rua Paraisópolis, no Bairro Santo Eugênio.

No local, o segurança patrimonial reconheceu as duas baterias que eram oferecidas por Thiago como sendo da empresa. O último furto havia ocorrido em um armário que fica na Avenida Gunter Hans, no Jardim Tarumã.

Cada bateria era vendida por R$ 200, sendo que no mercado vale R$ 1 mil.

Thiago foi autuado por receptação culposa (quando não há intenção) e o caso é investigado.

Leia Também