Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

ACIDENTE

Funcionário de pizzaria desvia de blitz e morre ao bater em ônibus

Esposa que estava na garupa da moto quebrou a clavícula

20 JUL 2017Por IZABELA JORNADA E MARIANE CHIANEZI19h:15

Rapaz de 19 anos fugiu de blitz da polícia que acontecia na Avenida Três Barras, em Campo Grande, e bateu na traseira de ônibus do Consórcio Guaicurus hoje, por volta das 17h. José Paulo da Mata Júnior estava com a namorada, de 16 anos e tinha ido a um Prático para fazer seu RG.

O documento da moto estava atrasado e ele preferiu não passar pela blitz. Ao desviar da fiscalização, ele não conseguiu evitar a colisão com o ônibus. O motociclista caiu embaixo do veículo, que passou por cima do peito dele.

A namorada quebrou o braço e precisou ser levada para Santa Casa de Campo Grande pelo Corpo de Bombeiros, mas o estado de saúde dela é estável.

A batida foi na Rua Lourenço Alves da Costa, no Jardim Cristo Redentor, nas mediações do bairro Rita Vieira.

José Paulo trabalha em uma pizzaria na Avenida Bom Pastor. A família dele foi avisada e a mãe, que chegou a aparecer no local, não conseguiu ver o filho.

"Quando ficamos sabendo, peguei minha bolsa, me troquei porque esperávamos que seria só um acidente e iríamos para a Santa Casa. Mas era uma tragédia", contou a prima do motociclista, Sara Teodoro dos Santos, 22 anos, visivelmente abalada.

A funerária Anjos das Paz fez a remoção do corpo da vítima para o Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol). A ocorrência deve ser encaminhada para a 4ª DP de Campo Grande.

 

Leia Também